Guerrero acerta o pé e mostra confiança em manter o poder de fogo em dia

Atacante peruano destaca trabalho de Muricy Ramalho

Por O Dia

Rio - Se o Flamengo ainda tropeça na busca pelo equilíbrio, Guerrero reencontrou o caminho do gol. Contra o Macaé, nesta quarta-feira, às 21h45, o peruano tem a chance de provar que acertou o pé e se colocar como referência da equipe. A via que pode levar o Rubro-Negro a ser um time vencedor passa pela regularidade do camisa 9 em balançar as redes. No início da tarde desta terça, após treino na Gávea, ele afirmou ver na evolução do trabalho no clube a passagem para o sucesso. E Muricy Ramalho como condutor ideal.

Guerrero elogia o técnico Muricy RamalhoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

"Na pré-temporada já deu para perceber o trabalho dele. Eu já tinha ouvido falar que ele (Muricy) gosta de trabalhar muito, com seriedade, não gosta de brincar. Por isso estamos no caminho certo."

Guerrero fez três gols nos últimos dois jogos do FlamengoGilvan de Souza / Flamengo / Divulgação

O investimento em tecnologia feito pela diretoria para equipar o departamento de futebol começou a pavimentar o caminho do Flamengo em 2016. Guerrero, agora melhor preparado, como ele mesmo garante estar, quebrou os cinco meses de jejum de gols. E o longo silêncio.

Após marcar duas vezes na vitória sobre o Atlético-MG e uma no empate com o Boavista, o atacante tirou das costas o peso das cobranças. A autocrítica, segundo ele, é quem exerce a marcação mais pesada. Confiante, porém, o artilheiro espera engrenar e manter o poder de fogo em dia, ao contrário do que aconteceu em 2015, quando fez três gols em três jogos, mas depois perdeu o rumo.

"Reencontrei o gol contra o Atlético-MG. Na pré-temporada e até nas férias o meu foco já era de fazer um trabalho melhor do que no ano passado. Comecei bem (em 2015), mas parei porque tive dengue, ainda no Corinthians. Depois voltei bem, estava bem ma seleção, comecei bem aqui, mas depois fui caindo", disse Guerrero, que emendou: "Este ano a preparação foi diferente, a seriedade no trabalho também. A preparação comigo e com todos melhorou muito. Estamos vendo isso no nosso desempenho. O time está correndo mais, lutando, se entrosando, pegando o jeito que o Muricy quer."