Fluminense pressiona e arranca empate com o Figueirense

Cícero, como centroavante, salva o Flu no Orlando Scarpelli

Por O Dia

Santa Catarina - A pressão tricolor surtiu efeito. O Fluminense não desistiu e conseguiu buscar o empate contra o Figueirense, nesta quarta-feira, no Orlando Scarpelli: 1 a 1. Coube a Cícero, que atuou praticamente como centroavante, marcar para o Flu, que não pôde contar com Fred, Rafael Sobis e Walter.

Cícero salvou o Fluminense e garantiu o empate contra o FigueirensePhotocamera

O Fluminense agora tem 32 pontos, está em sexto lugar e pode se distanciar ainda mais do G-4, acumulando três empates consecutivos. O Figueirense tem 25 pontos e está numa série de oito jogos invicto, com cinco vitórias e três empates.Na próxima rodada, neste sábado, às 18h30, o Fluminense encara o Palmeiras. O Figueirense joga no domingo, às 16h, contra o Bahia, no Joia da Princesa.

O Tricolor buscou mais o jogo, mas esbarrou na defesa do Figueira. Ora faltava caprichar no cruzamento, ora era a finalização que teimava em não entrar. O empate, pelo menos, é um prêmio para a garra do Fluminense.

O jogo

O Fluminense teve a primeira grande chance do jogo. Wagner apareceu pela esquerda e cruzou, mas a zaga salvou antes de Cícero completar. Novamente pela esquerda, agora com Chiquinho, o Flu quase marcou de novo. O lateral cruzou, mas o goleiro Luan desviou. Cícero estava pronto para marcar. O Figuirense não perdoou. A zaga tricolor cochilou e permitiu Everaldo avançar. Ele se livrou da marcação e chutou. A bola passou por entre as pernas de Cavalieri: 1 a 0 Figueira.

O Tricolor quase empatou no fim da primeira etapa. Wagner emendou e obrigou Luan a salvar. No rebote, Conca levou a bola para a perna esquerda e carimbou o travessão. O Fluminense voltou para o segundo tempo com uma alteração. Elivelton, que teve sofreu um choque na cabeça, saiu para a entrada de Biro Biro. Diguinho foi deslocado para a zaga. O Figueira ficou com um a menos. Leandro Silva acertou Biro Biro e recebeu o segundo cartão amarelo.

O Flu partiu para cima. Biro Biro desceu pela esquerda e cruzou para a área. Cícero se antecipou à zaga e acertou a trave. O goleiro Luan precisou trabalhar após cruzamento de Bruno. A vantagem númerica do Tricolor não durou muito. Bruno acertou Everaldo e levou o vermelho. O Flu continuou a pressionar e chegou ao empate. O chute de Kenedy explodiu no travessão. No rebote, Cícero empatou.

O Figueirense teve a chance de fazer o segundo. Marco Antônio surgiu no ataque e chutou com categoria. A bola passou rente à trave direita de Cavalieri. Guerreiro, o Fluminense conquistou o empate.

FICHA TÉCNICA

FIGUEIRENSE 1X1 FLUMINENSE

Estádio: Orlando Scparpelli
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (SP)
Gols: Everaldo (Figueirense, aos 38' do 1ºT) e Cícero (Fluminense, aos 39' do 2ºT)
Cartão amarelo: Diguinho e Biro Biro (Fluminense) e Marco Antônio e Nirley (Figueirense)
Cartão vermelho: Leandro Silva (Figueirense) e Bruno (Fluminense)

FIGUEIRENSE: Luan Polli; Leandro Silva, Thiago Heleno, Marquinhos e William Cordeiro; Paulo Roberto, Marco Antônio, Felipe (Léo Lisboa, 28' do 2ºT) e Giovanni Augusto (Nirley, aos 17' do 2ºT); Clayton (Jefferson, aos 11' do 2ºT) e Everaldo. Técnico: Argel.

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Marlon, Elivelton (Biro Biro, no intervalo) e Chiquinho; Diguinho, Jean, Wagner (Gustavo Scarpa, aos 43' do 2ºT), Cícero e Conca; Kenedy (Matheus Carvalho, aos 40' do 2ºT); Técnico: Cristóvão Borges.