Rafael Vaz 'esquece' rivais do Vasco e avisa: 'Temos de fazer a nossa parte'

Zagueiro admite: estratégia é vencer e secar os adversários

Por O Dia

Rio - Nas contas da matemática da bola, o Vasco, além de vencer, precisa secar os rivais na luta contra o rebaixamento no Brasileiro. A situação é complicada, mas o time já deu sinais de que vale a pena acreditar. O pensamento é simples: vencer o Santos, neste domingo, em São Januário, e depois torcer por uma rodada favorável.

Rafael Vaz deve ser mantido no time titular do VascoPaulo Fernandes / Vasco.com.br / Divulgação

"Temos de pensar em nós. Nosso momento é complicado e temos de fazer a nossa parte, independentemente se iremos enfrentar o time "A" ou "B" do Santos. Buscaremos sair com os três pontos, até porque nós sabemos que se não fizermos nossa parte de nada vai adiantar as combinações de resultado. Nossa responsabilidade é a de ganhar o jogo e sair com a vitória. É claro que temos de torcer, mas antes disso precisamos fazer o nosso papel", declarou o zagueiro Rafael Vaz.

O zagueiro foi titular, na vaga do suspenso Rodrigo, na vitória sobre o Joinville, no último domingo, e fez o cruzamento que originou o primeiro gol vascaíno. Contra o Santos, Rafael Vaz deve ser mantido no time - Luan terá de cumprir suspensão automática.

O Vasco está na 18ª colocação do Brasileiro, com 37 pontos, três a menos do que o Figueirense, primeiro time fora da zona da degola. Além do clube catarinense, o Gigante da Colina precisa secar o Avaí e o Coritiba. E, claro, fazer a sua parte, como destacou Rafael Vaz.