MP vai investigar Cabral

Governador do Rio diz que não está ‘fazendo estripulia’ ao usar helicópteros oficiais

Por O Dia

Rio - O Ministério Público do Rio vai investigar se o governador do Rio, Sérgio Cabral, fez uso abusivo de helicópteros oficiais, conforme denúncia publicada na revista ‘Veja’ no fim de semana. Segundo a reportagem, o governador usou aeronaves para ir ao trabalho — em curta distância, de Laranjeiras ao heliponto da Lagoa —, e transportar pessoas que não estavam a serviço público.

Ontem, os deputados Luiz Paulo (PSDB), Marcelo Freixo (Psol) e Paulo Ramos (PDT) entregaram representação no Ministério Público Federal contra o governador por crime de peculato. Hoje, eles entrarão no MPRJ por improbidade administrativa.

O grupo também já recolhe assinaturas para abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Alerj. Para Luiz Paulo, se as denúncias forem comprovadas, o governador fere os princípios de “razoabilidade, moralidade e eficiência” da Constituição.

Em Brasília, Cabral disse que não fez “estripulia” no uso de helicópteros: “Não sou o primeiro a fazer isso no Brasil, outros (governadores) fazem também, e faço de acordo com o cargo que ocupo. Não estou fazendo nenhuma estripulia, não é nenhuma novidade.”

Últimas de _legado_Brasil