Sistema de e-mails do Itamaraty é atacado por hackers

Ainda não se sabe quantos e-mails de servidores com informações pessoais e de acesso a telegramas diplomáticos foram contaminados

Por fernanda.magalhaes

Distrito Federal - O Itamaraty está sendo alvo de hackers desde o último dia 19. O sistema de e-mails e de leitura de documentos dos ministérios e dos postos diplomáticos no exterior está fora do ar desde esta segunda-feira para passar por manutenção geral. Espera-se que tudo normalize ainda nesta terça-feira.

O Itamaraty não confirma se chegou a haver vazamento de documentos sigilosos - o que seria possível através do acesso ao IntradocsDivulgação

O Itamaraty explicou que os hackers fizeram o ataque através do esquema phishing, em que e-mails aparentemente de pessoas conhecidas são enviados com links maliciosos. O servidor que recebe o e-mail ao abrir o link instala no sistema, sem querer, os chamados cavalos de tróia. O vírus recolhe informações sigilosas dos usuários como senhas e números de documentos.

Não se sabe ainda quantos e-mails de servidores foram contaminados pelo ataque, permitindo assim o acesso a informações pessoais e o acesso ao Intradocs, um sistema interna de leitura de telegramas diplomáticos usado pelos diplomatas. Porém, os hackers não teriam conseguido alcançar o sistema de comunicação sigiloso entre as embaixadas e postos no exterior e o ministério em Brasília.

O Itamaraty não confirma se chegou a haver vazamento de documentos sigilosos, o que seria possível através do Intradocs onde pode-se criar um arquivo de leitura e gravar no próprio computador. Ainda não há informações sobre os objetivos e os responsáveis por esses ataques. A Polícia Federal e o Gabinete de Segurança Institucional, responsável pela segurança de informações do governo, abriram uma investigação.

 

Últimas de _legado_Brasil