Centro de Tradições Gaúchas, que receberia casamento gay, é incendiado

Segundo informações, presidente da Câmara Municipal já havia recebido ameaça de incêndio criminoso no local

Por O Dia

Rio Grande do Sul - O Centro de Tradições Gaúchas (CTG), de Santana do Livramento, na Fronteira Oeste do Rio Grande do Sul, que vai sediar o casamento comunitário em que um dos casais inscritos é homoafetivo, foi incendiado na madrugada desta quinta-feira. Segundo o Corpo de Bombeiros, o incêndio atingiu a parte interna da estrutura, onde fica o palco que acontecerá a celebração do casamento. O evento está marcado para este sábado. Ninguém ficou ferido.

A polícia suspeita que o ato tenha sido criminoso. O evento não foi cancelado. No total, 28 casais heterossexuais e um homoafetivo vão se casar. Outro casal gay que participaria do casamento desistiu.

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Livramento, Gilberto Gilser, já havia recebido ameaças de incêndio criminoso no local. De acordo com o delegado do caso, testemunhas disseram que viram um carro com quatro ocupantes passando em frente ao galpão minutos antes do início do incêndio.

Últimas de _legado_Brasil