Morre idosa atropelada no Barra Shopping por manobrista

Ela chegou a ser conduzida pela equipe médica do centro comercial ao Lourenço Jorge, mas não resistiu aos ferimentos

Por O Dia

Rio - A idosa Maria de Lourdes Sá Henrique, 68 anos, morreu na tarde desta quinta-feira a caminho do Hospital Municipal Lourenço Jorge, na Barra da Tijuca, na Zona Oeste. Ela, a filha e mais uma mulher foram atropeladas por um manobrista - dentro do Barra Shopping - que perdeu o controle do carro que dirigia. A idosa chegou a ser conduzida pela equipe médica do shopping ao Lourenço Jorge, mas não resistiu aos ferimentos.

A filha de Maria de Lourdes, Roberta S. Simões,  de 37 anos,  foi levada para o Barra D'Or, assim como a terceira vítima do acidente, Ana Carolina Braga, 36. As duas foram conduzidas pela equipe dos Bombeiros ao hospital particular.

Manobrista atropela pedestres dentro de estacionamentoSeguidor %40julia_kacurin

O manobrista, que trabalha para a empresa Verzani — prestadora do serviço de estacionamento no local —, teria encontrado dificuldades para manobrar o veículo de um cliente que seria estacionado no espaço vip.

Bombeiros do Grupamento de Busca e Salvamento (GBS) do bairro foram acionados e confirmam o atendimento de uma vítima, identificada como Roberta S. Simões, de 37 anos. Ela foi levada para o Barra D'Or. Os outros dois feridos teriam sido socorridos logo após o acidente.

A assistente de Marketing Julia Kacurin, de 22 anos, chegou logo após o acidente. Segundo ela, uma vítima ainda estava sendo atendida no pátio do Barra Shopping pelo Corpo de Bombeiros e outra teria sido socorrida por uma profissional do Centro Médico do shopping, que fica próximo ao estacionamento vip.

"O carro colidiu com a traseira na entrada do estacionamento. O manobrista estava chorando muito", disse.

A dona do carro teria ficado em estado de choque e deixado o local com o auxílio dos funcionários do estabelecimento em uma cadeira de rodas.

O BarraShopping lamentou o acidente envolvendo um funcionário da Verzani em seu estacionamento e informou que está prestando toda assistência às vítimas e suas famílias. Segundo o shopping, duas das vítimas foram levadas para o Barra D'Or, enquanto uma terceira foi levada para o Hospital Municipal Lourenço Jorge em estado grave.

Corpo de Bombeiros investigará remoção de vítima para hospital particular

A Corpo de Bombeiros vai investigar as circunstâncias do atendimento à Roberta Roberta S. Simões, que, segundo a corporação, foi socorrida e levada pelo grupamento da Barra da Tijuca para o hospital particular Barra D'Or. O procedimento correto seria encaminhar a vítima para um hospital público de referência.

O Hospital Municipal Lourenço Jorge fica ao lado do local do acidente. Sendo constatado o erro dos militares envolvidos no socorro, eles serão punidos de acordo com o regimento da corporação.

De acordo com informações da 16ª DP (Barra da Tijuca), o caso está sendo investigado. A perícia foi realizada no local e imagens de câmeras de segurança solicitadas. O manobrista está sendo ouvido na delegacia e vai responder por homicídio culposo e lesão corporal da Lei de Trânsito. Testemunhas serão chamadas para prestar depoimento e a distrital aguarda a liberação médica das vítimas para que elas possam prestar depoimento.

Últimas de Rio De Janeiro