Operação da PM apreende cerca de uma tonelada de maconha na Favela de Acari

Bope, Choque, BAC e GAM fazem ação no complexo de favelas da região nesta sexta. Três pessoas foram presas

Por O Dia

Rio - O Comando de Operações Especiais (COE) desencadeou ontem mais uma megaoperação contra o tráfico em comunidades do estado. Seis homens foram presos e mais de uma tonelada de maconha apreendida no Complexo de Acari, Zona Norte do Rio. Na quinta-feira, outros sete suspeitos foram presos no Salgueiro, em São Gonçalo. Um deles foi baleado.

Em Acari, — que é dominada pela facção criminosa Terceiro Comando Puro (TCP) e uma das comunidades mais perigosas do Rio, que ainda não têm uma Unidade de Polícia Pacificadora —, a partir de informações do Disque-Denúncia, policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), Batalhão de Ações com Cães (BAC), Choque e Grupamento Aeromóvel (GAM), apreenderam drogas e armas.

Cerca de uma tonelada de maconha foi apreendida na Favela de AcariDivulgação

Foram encontrados cinco pistolas 9 milímetros, uma granada, 552 munições de diversos calibres, sete carregadores, 1.231 Kg de maconha, um quilo de cocaína, 1.050 mil kg de pasta base, 4.500 mil kg de haxixe, um coldre e quatro rádios comunicadores. Todo material foi levado para a 39ªDP (

Parte da droga e do armamento foi encontrado por cães farejadores do BAC. Na operação feita em São Gonçalo, policiais do COE apreenderam dois fuzis, uma espingarda calibre 12 e um revólver.

Ainda na Região Metropolitana, policiais do 12°BPM (Niterói), fizeram operações para retirar barricada na comunidade de Vila Ipiranga. Em algumas ruas, foram retiradas manilhas e troncos de árvores, que impediam a passagem de viaturas da PM. Não houve confronto.

Na quinta-feira, militares do 7°BPM (São Gonçalo) também retiraram barricadas. A ação aconteceu no bairro Nova Grécia.

Eles ainda pintaram com tinta branca, muros com pichações de facções criminosas. Também não houve confronto.


Últimas de Rio De Janeiro