PM usa rede social para denunciar atitude do Conselho Tutelar

Em sua página no Facebook, comando do 5ºBPM (Praça da Harmonia) reclama da liberação de menores

Por paulo.gomes

Rio - O 5°BPM (Praça da Harmonia) usou as redes sociais para reclamar que o Conselho Tutelar do Centro estava devolvendo às ruas os menores apreendidos em situação de vulnerabilidade. O batalhão postou, na manhã de quarta-feira, em sua página no Facebook, duas fotos de menores sendo abordados e um texto explicando que os garotos estavam na rua menos de duas horas depois de terem sido entregues ao Conselho.

“Os mesmos informaram que foram liberados sem que fosse feito contato com seus responsáveis ou familiares para que fossem ao conselho tutelar buscá-los”, denunciou a postagem.

Segundo o conselheiro tutelar José de Almeida, os menores foram recebidos, identificados e alimentados. Depois de lancharem, pediram para ir ao banheiro e fugiram por um basculante. O comando do Batalhão marcou reunião com representantes do conselho para ajustar parceria.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia