Suspeito de liderar quadrilha que roubou residência de Pezão é preso

Conhecido como Leléu, Leonardo da Costa Espíndola foi encontrado em uma casa da Ladeira dos Tabajaras. Civil fez operação no local nesta terça

Por O Dia

Conhecido como Leléu%2C Leonardo da Costa Espíndola foi preso nesta terça-feiraDivulgação

Rio - Policiais da 14ª DP (Leblon) prenderam, nesta terça-feira, um suspeito de liderar a quadrilha que roubou o apartamento do governador Luiz Fernando Pezão em maio. Conhecido como Leléu, Leonardo da Costa Espíndola foi encontrado em uma casa na Ladeira dos Tabajaras, em Copacabana, Zona Sul do Rio, onde agentes da Civil fizeram uma operação nesta manhã.

Um adolescente de 16 anos, André Felipe Nogueira, o André Cotó, e Wellington Soares Ribeiro Ramos também teriam participado do crime, mas ainda continuam foragidos. Segundo a polícia, a quadrilha atuava em bairros da Zona Sul, como Leblon, Lagoa e Ipanema.

Delegado assistente da 14ª DP, Carlos Abreu explicou que a ação tinha o objetivo de cumprir mandados de prisão na comunidade. Os alvos principais assaltantes de residências e lojas comerciais, além de traficantes de drogas que se associam com o fornecimento de armas.

Denúncias de agressão

Ao menos 120 policiais de 15 delegacias, além da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core), participaram da ação desta manhã. A ação ocorre um dia após moradores denunciarem PMs do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) de agressão e roubo. Na ocasião, havia um evento de pagode na Rua Euclides da Rocha. Segundo relatos, houve correria e pânico no local. 

O comando da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) Tabajaras informou, em nota, que "todas as denúncias relatadas sobre o caso foram encaminhadas para o setor responsável".

Últimas de Rio De Janeiro