Côrtes não confirma ferimento

Por O Dia

O ex-secretário de Saúde do Rio Sérgio Côrtes, preso da Operação Lava Jato na cadeia Frederico Marques, em Benfica, afirmou ontem à polícia que não identificou as lesões em um dos pés mostradas pelo ex-governador Anthony Garotinho, após suposta agressão dentro do presídio. Côrtes é atualmente médico na cadeia e atendeu Garotinho, que disse ter sido agredido por um homem com um taco de beisebol na cela, dia 24 de novembro. Ainda em depoimento, o médico afirmou que a lesão em um dos joelhos de Garotinho não é compatível com a pancada de um taco. "Côrtes disse que fez exame apurado de todo o corpo e não detectou outra lesão que não a do joelho direito. Ele fez um laudo, Garotinho leu e assinou. Ele não se queixou de lesão no pé. Estamos analisando para que não reste qualquer dúvida", afirmou o delegado Carlos César Santos, da 21ªDP (Bonsucesso).

Após a suposta agressão, Garotinho foi transferido para o Complexo de Bangu. Em nota, advogados do ex-governador explicaram o motivo de sua transferência."A intenção foi garantir a integridade física de Garotinho, o que foi acolhido no pedido do Ministério Público Estadual. Ele foi ameaçado por autoridades atualmente presas em Benfica".

Comentários

Últimas de Rio De Janeiro