Polícia Federal deflagra terceira fase da 'Operação Research'

20 mandados estão sendo cumpridos pela PF na manhã desta sexta-feira. A operação apura o desvio de mais de R$ 7 milhões da UFPR

Por O Dia

Paraná - A Policia Federal deflagrou nesta sexta-feira, em conjunto a Controladoria Geral da União e ao Tribunal de Contas da União, a terceira fase da Operação Research que apura o desvio de R$ 7,3 mi da Universidade Federal do Paraná - UFPR.

Em nota, a PF informou que 48 policiais federais e auditores dos dois órgãos de controle estão cumprindo 19 mandados de condução coercitiva e um mandado de busca e apreensão. A operação está ocorrendo nas cidades de Curitiba, São José dos Pinhais (PR), Campo Grande, Corumbá (MS) e Natal, capital do Rio Grande do Norte.

PF cumpre 19 mandados de condução coercitiva e um de busca e apreensão. Operação apura desvio de mais de 7 milhões da Universidade federal do ParanáDivulgação/Polícia Federal

Esta etapa da investigação tem como objetivo o rastreamento do destino dos recursos públicos creditados nas contas dos falsos bolsistas, identificando outros possíveis beneficiários. A ação também visa apurar o envolvimento de empresa fornecedora de produtos para a UFPR.

Em fevereiro deste ano, 27 pessoas foram presas acusadas de particdipação no esquema de desvio de dinheiro da instituição. “O objetivo é apurar o repasse irregular de recursos mediante pagamentos sistemáticos, fraudulentos e milionários de bolsas a inúmeras pessoas sem vínculos com a instituição no período entre 2013 e 2016”, informou a PF por meio de nota. 

O nome da operação é uma referencia ao objetivo central das bolsas concedidas pela unidade, destinadas a estudos e pesquisas pelos contemplados. Representantes da Polícia Federal e dos demais órgão envolvidos nas investigações concedem entrevista coletiva às 10h , no auditório da PF em Curitiba.

Últimas de Brasil