Zélia Duncan se apresenta com a Velha Guarda na Feijoada da Portela

Tia Surica recebeu o título de Matriarca da agremiação na última sexta-feira

Por O Dia

Rio - A cantora Zélia Duncan animou o público que lotou a quadra da Portela para a feijoada da agremiação, em Madureira, no último sábado.  

Emocionada por estar ao lado da Velha Guarda da Portela, com quem gravou o clássico "Quantas Lágrimas" em 1996, Zélia fez questão de iniciar sua apresentação com a canção de Manaceia. Em seguida, lembrou sucessos de Silas de Oliveira, Paulinho da Viola, Dona Ivone Lara, Jorge Aragão, Moacyr Luz e Xande de Pilares, antes de encerrar com a música "Alma", um dos maiores hits de sua carreira.


Ao fim da apresentação, o presidente da Portela, Luis Carlos Magalhães, exaltou o talento de Zélia Duncan e a convidou para desfilar pela escola. A cantora agradeceu muito o gesto de carinho e ficou de dar a resposta, considerando sua movimentada agenda de shows.

O médico Drauzio Varella e a atriz Regina Braga, que também prestigiaram o evento, viram as apresentações de cima do palco e vibraram com o clima de festa na Portelão. Saudado pelo público com entusiasmo, o casal também foi convidado pelo presidente da Portela para estar na Sapucaí.

Outra presença marcante na feijoada foi a do ex-jogador Jairzinho, o Furacão da Copa de 70. O elenco-show da Portela teve a missão de encerrar o evento em grande estilo, ao som de sambas antológicos da agremiação.

Tia Surica recebe homenagem

Na noite da última sexta-feira, Tia Surica, de 76 anos, recebeu o título de Matriarca da Portela. A faixa foi entregue pelo presidente Luis Carlos Magalhães, que realizou uma vontade do ex-presidente Marcos Falcon, que chamava a baluarte de "mãe". A homenagem contou com a presença de Regina Celi, presidente do Salgueiro e amiga da ilustre integrante da Velha Guarda.