Seguida por fotógrafo, Luana Piovani se irrita: 'Ladrão'

Atriz fez desabafo em rede social nesta terça-feira

Por O Dia

Rio - Luana Piovani usou o Instagram para reclamar do assédio de um paparazzo nesta terça-feira. A atriz se irritou com o fato de ter sido seguida pelo fotógrafo até sua casa. "Eis que estou voltando do colégio do meu filho quando vejo um ladrão que se intitula fotógrafo (e Sebastião Salgado chora nessa hora) à minha espera. Me seguiu até a porta de casa, bem devagar, de carro, zombando de mim por eu não poder fazer exatamente nada", escreveu Luana, que também postou uma foto do carro que a estava perseguindo.

Luana Piovani reclama de paparazzo que a perseguiu até a porta de casaReprodução Internet


"Vou atrás dos meus direitos falando com meu advogado e polícia, pois, apesar de ser figura pública, não posso ser seguida até a porta de casa. Estou certa que algum direito o cidadão tem quando se trata de segurança e privacidade", continuou a atriz. 

Luana ainda relembrou o caso da princesa Diana, que morreu em um acidente de carro enquanto fugia da perseguição de um paparazzo. "No Dia Internacional da Mulher, parabenizo todos os imbecis que compram essas fotos (deve valer 20 ou 30 reais) e fazem desse mercado um negócio lucrativo. Uma princesa morreu e nada foi feito! Uma nação em crise e eu preocupada com meu espaço, meu direito. Quase piada". 

Luana fez também uma declaração polêmica. "Desistir nunca, retroceder jamais! Basta! Ódio! Nessas horas que fico grata de não ter porte de arma porque a vontade é fazer uma ignorância também! Afasta de mim esse cálice! Sai de retro", finalizou.

Últimas de Celebridades