Mais de 58 milhões de consumidores têm dívidas em atraso

Inadimplência atinge 39,4% da população, diz SPC Brasil/CNDL

Por O Dia

Rio - O número de consumidores brasileiros com contas em atraso chegou a 58,7 milhões de devedores. De fevereiro e março desse ano cerca de 700 mil devedores foram negativados, segundo dados do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) e da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e representam 39,64% da população entre 18 e 95 anos.

A estimativa é de que 4,2 milhões de novos devedores foram incluídos nas listas de inadimplentes desde o início de 2015, quando o indicador apontava para 54,6 milhões de negativados. Os dados mostram que, ainda que a Lei 16.569/2015 esteja dificultando a negativação dos inadimplentes no Estado de São Paulo, o número de consumidores registrados em cadastros de devedores segue em crescimento em todo o restante do território nacional.

Considerando as outras quatro regiões, o maior número absoluto de negativados está no Nordeste, com 15,7 milhões de pessoas. No entanto, em percentual da população adulta, este número representa 40,02%, o segundo menor, à frente apenas dos 36,21% da Região Sul, que possui 8 milhões de negativados.

Por outro lado, a região Centro-Oeste tem o menor número absoluto de negativados, 4,8 milhões, mas com um percentual relativamente alto do total da população adulta: 42,85% – atrás apenas da região Norte, onde 46,35% dos adultos estão inadimplentes e registrados em cadastros de devedores, informou o levantamento do CDL.

Últimas de Economia