Profissão Certa: quanto ganha o engenheiro?

A coluna começa hoje a publicar informações sobre um dos assuntos que mais interessa na hora de escolher a carreira: a remuneração

Por O Dia

Rio - A coluna começa hoje a publicar informações sobre um dos assuntos que mais interessa na hora de escolher a carreira: a remuneração. Aproveitando que dia 11 é o Dia do Engenheiro, vamos tratar da Engenharia Civil.

Engenheiros trabalhandoReprodução Internet

Quem segue esta profissão tem a função de elaborar projetos de construção de edificações, rodovias, portos, aeroportos, vias férreas e outros. Para isso, tem que orientar a construção, manutenção e reparo dessas obras e assegurar os padrões técnicos exigidos. Existem quase 900 cursos de Engenharia Civil em todo o país e a duração é de cinco anos.

Quem começa na carreira (trainee), segundo a pesquisa do Site Nacional de Empregos, tem remuneração inicial que é de R$ 4403,30 em empresas pequenas, R$ 5725,58 nas médias e R$ 7443,26 nas grandes.

No estágio posterior, como engenheiro júnior, o ganho vai de R$ 5507,37 (empresa pequena) a R$ 9304,07 (empresa grande). Como profissional pleno, ganha de R$ 6881,71 a R$ 11630,09.

Na penúltima fase da carreira, o engenheiro sênior tem remuneração que vai de R$ 8602,14 a R$ 14537,61. Por fim, o profissional master recebe entre R$ 10752,68, nas empresas pequenas, e R$ 18172,01, nas grandes.

Com a paralisação de grandes obras e o enxugamento de serviços públicos, não há tanta oferta de trabalho como há cinco anos.

AINDA A ENGENHARIA

- Quem faz Engenharia Civil tem vários campos de atuação. Pode trabalhar em construções urbanas, onde ergue e reforma prédios e grandes instalações. Outra possibilidade é edificar fundações e estruturas de madeira, aço ou concreto, que dão apoio às construções.

Pode também gerenciar recursos prediais e manter em ordem a infraestrutura de prédios.

- Na área de hidráulica e recursos hídricos, o engenheiro projeta, gerencia e executa obras de barragens, canais, reservatórios, sistemas de irrigação, drenagem ou obras costeiras.

AVALIAÇÃO DE FACULDADES

- Foi divulgado no último dia 27 de novembro o ciclo de avaliação de 2016 do ensino superior no Brasil pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) do Ministério da Educação. De um total de 2.132 instituições avaliadas, 307 foram consideradas insatisfatórias.

-O Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) é avalia as Instituições de Educação Superior. 

ENEM EM PORTUGAL 

- Estudantes brasileiros podem usar as notas do Enem como critério de ingresso também no Instituto Politécnico da Maia (Ipmai), de Portugal. Com isso, já são 27 as instituições de Ensino Superior portuguesas que aceitam o Enem.

- As instituições portuguesas que usam o exame podem definir qual a nota de corte para o acesso dos estudantes brasileiros aos cursos oferecidos. A revalidação de diplomas está sujeita à legislação.

Últimas de _legado_Empregos e Negócios