TRE determina que Facebook tire do ar página contra Garotinho

De acordo com a decisão liminar, conteúdo da página 'Garotinho de novo, não' prejudica a lisura das eleições

Por O Dia

Rio - Em decisão liminar — de caráter provisório e que não julga o mérito do processo —, o desembargador Wagner Cinelli, do Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ), determinou que o Facebook retire do ar a página 'Garotinho de Novo, não', com críticas ao deputado federal e candidato ao governo pelo Partido da República (PR).

TRE determina retirada da página 'Garotinho de novo%2C não'%2C por considerá-la prejudicial à imagem do candidatoReprodução Facebook

Segundo o magistrado, o conteúdo das postagens "prejudica a imagem" de Garotinho e a "lisura do pleito eleitoral que se aproxima". Caso não cumpra a decisão em até cinco dias, a rede social terá que pagar multa diária de R$ 5 mil. A ação ainda terá seu mérito julgado. 

Entre diversas brincadeiras e provocações mais sérias na página, há uma que internautas usam a imagem do ex-governador com os dizeres "Eu sei o que você fez na gestão passada". 

Últimas de _legado_Eleições 2014