Neymar sofre insultos racistas na volta a Barcelona após derrota no Espanhol

De acordo com jornal 'As', um grupo de torcedores esperava o time no Camp Nou depois do tropeço fora de casa

Por O Dia

Espanha - O Barcelona teve de encarar a revolta de um grupo de torcedores depois da derrota para o Granada no Campeonato Espanhol, neste sábado. Logo após o 1 a 0 fora de casa, a equipe voltou para a sua sede e os jogadores foram recebidos com insultos e cobranças no Camp Nou. Neymar foi uma das vítimas.

Neymar não escapou da ira da torcidaReuters

O atacante ouviu gritos racistas dos torcedores, segundo informações do jornal "As". Um vídeo publicado pelo jornal mostra que o ex-santista saiu do ônibus da equipe e os torcedores passaram a emitir sons de macacos. A delegação chegou na madrugada e os mais exaltados gritavam: "Vocês não têm vergonha", "só pensam no Mundial". O goleiro Pinto, que substitui o lesionado Valdés, foi um dos mais criticados.

Os jogadores voltaram para o estádio do Barcelona para pegar seus carros e seus pertences. Membros da comisão técnica, ainda de acordo como diário espanhol, tentaram conversar com os torcedores, mas os ânimos continuaram alterados.

Neymar já havia sofrido racismos na Europa pelos torcedores do Espanyol. Os torcedores adversários imitaram sons de macaco para o ex-santista e para Daniel Alves.

O Barcelona não perdia havia 42 anos para o Granada e, com o tropeço, o vice-líder corre o risco de ver aumentar a diferença para o primeiro colocado, o Atlético de Madrid. E a derrota ainda fecha a semana da eliminação na Liga dos Campeões nas quartas de final, justamente pelo rival de Madri.

Últimas de Esporte