Eternamente Barbosa: goleiro da Copa de 1950 será homenageado em Santos

Estátua em tamanho natural será inaugurada oficialmente no dia 8 de julho

Por O Dia

São Paulo - Seis décadas depois de ser acusado injustamente pela perda da Copa de 1950, na trágica decisão entre Brasil e Uruguai, o goleiro Barbosa receberá uma justa homenagem: uma estátua em tamanho natural, que será inaugurada oficialmente no dia 8 de julho, em Santos, no Ateliê Aramechapado. O trabalho do artista plástico Laércio Alves - feito em arame com alumínio colorido e cobre - exibe em 1,77m uma das marcas registradas do goleiro, a ponte.

Goleiro Barbosa será homenageado em SantosDivulgação

“Este trabalho me emocionou. À medida que a estátua foi tomando forma fui descobrindo a alma do jogador, sua história. Eu pesquisei muito, fiz com calma e muito prazer”, destacou o escultor santista.

Chama a atenção no trabalho de Laércio a mão vazando, como se estivesse presa a um prego, sugerindo a ideia da crucificação.

“A escultura, apesar de ser de arame, é bem reveladora. É o realismo expressionista. Quis passar metaforicamente o conceito da crucificação. O Barbosa era muito dedicado, não merecia passar o que passou. Acho muito importante que todos conheçam a sua história, para que não se repita jamais no futebol”, disse Laércio, que demorou mais de quatro meses para finalizar a obra de arte, que pesas 25 quilos.

Filha de coração de Barbosa, Tereza Borba foi às lágrimas quando viu pela primeira vez a estátua: “Era como se ele estivesse na minha frente fazendo mais uma grande defesa. Não imaginei que ficaria tão bonita e expressiva. O prateado da camisa, o número 1 e o nome do Vasco... tudo ficou perfeito. Só tenho a agradecer ao Laércio, que realizou um sonho antigo.”

No entanto, a jornada de Tereza para reverenciar a memória do pai está muito longe do fim. Com poucos recursos financeiros, a cuidadora de idosos ainda não conseguiu levantar o dinheiro para pagar a obra de arte. Apesar dos diversos apelos, ela não vendeu um dos pedaços da trave da Copa do Mundo de 50: “Até agora ninguém fez um lance pelas traves. Se conseguisse vender, não precisaria pedir a colaboração das pessoas para pagar pelo menos o preço de custo da estátua e homenagear um dos maiores goleiros da história deste país. Tenho esperança de que alguém se sensibilize e me ajude no projeto de resgatar a memória do meu pai.”

A exposição em homenagem a Barbosa poderá ser vista dos dias 8 a 31 de julho, reunindo também relíquias da vida profissional do goleiro. O Ateliê Aramechapado fica na Rua Cunha Moreira 36, Encruzilhada, em Santos.

Barbosa carregou com dignidade o fardo de ser apontado como culpado pelo vice na Copa do Mundo de 1950Arquivo Pessoal / Tereza Borba


Últimas de Esporte