Escândalo em SC: acusado de suborno, empresário diz que queria contratar goleiro

Fred Nelson, presidente do Andraus, afirmou que conversa foi descontextualizada e tratou denúncia do Inter-SC como leviana

Por O Dia

Paraná - Nesta semana, o goleiro Neto Volpi, do Inter de Lages-SC, afirmou que teria recebido uma proposta de mala preta para sofrer dois gols na partida contra o Joinville. A oferta teria partido de Fred Nelson, presidente do Andraus, clube da segunda divisão paranaense. No entanto, o empresário se defendeu e afirmou que foi mal interpretado.

Neto Volpi denunciou o caso e foi apoiado pelo Inter de Lages-SCDivulgação / Inter de Lages

O pronunciamento foi feito por meio de Marluz Dalledone, advogado do Andraus e de Fred, que admitiu a conversa de Whatsapp divulgada pela imprensa. No entanto, Dalledone garante que Fred estava tentando negociar a transferência de Neto para o clube paranaense.

"O Fred e o clube Andraus refutam essas acusações. Negam de forma veemente que tenham tentado manipular o resultado do jogo, já que o único contato com o goleiro Neto era relacionado à negociação do jogador, na condição de empresário e dirigente e de futebol", garantiu o advogado.

A versão do acusado para o caso aponta uma falta de contextualização nas imagens divulgadas à imprensa. Dalledone deixa claro que, segundo Fred, a expressão "tomar dois gols" se referia à uma partida anterior.

"A conversa que foi apresentada é um recorte de uma conversa maior e foi descontextualizada. A menção que foi feito a quantidade de gol é que na partida anterior Neto havia levado seis gols, e isso seria uma referência a dois deles. Fred Nelson foi jogador de Lages, ele tem todo um palavreado próprio de se usar entre jogadores, uma forma de se tratar própria deles. A interpretação que foi feita daquele trecho é deturpada."

Depois de afirmar que o clube não teria qualquer tipo de interesse em manipular o resultado da partida entre Joinville x Inter de Lages, por jogar na segunda divisão paranaense, Dalledone também disse que o Andraus não tem qualquer envolvimento com esquemas de apostas.

Além disso, Fred Nelson, segundo seu próprio advogado, entende que o Inter de Lages-SC tenha realizado a denúncia como maneira de ganhar visibilidade na imprensa, tratando a mesma como "leviana".

Últimas de Esporte