Botafogo terá campanha para a torcida ajudar a segurar o goleiro Jefferson

O marketing do clube vai lançar a campanha 'Nosso Jefferson'

Por O Dia

Rio - O goleiro Jefferson é o jogador mais aguardado pela torcida do Botafogo na reapresentação do grupo, hoje de manhã, em Várzea das Moças, Niterói, onde será realizada a pré-temporada. Após uma demorada negociação com o camisa 1, a diretoria conseguiu chegar a um acordo financeiro com o craque, que estendeu o seu contrato até dezembro de 2017, para alívio dos alvinegros.

“Ouvi muita gente dizer que ele podia ir embora, mas no fundo todo mundo queria que o Jefferson ficasse. Seria muito ruim começar o ano sem o nosso maior ídolo. Com ele muda tudo. Ter na Série B o goleiro titular da Seleção Brasileira impõe muito respeito aos nossos adversários, além de ser um incentivo e tanto para o nosso novo time”, disse, entusiasmado, o presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira.

Jefferson renovou com o Botafogo até 2017Vitor Silva / SS Press

Para arrecadar fundos e ajudar o clube a pagar a dívida de cerca de R$ 2,5 milhões —, referente à luvas, direitos de imagem e salários atrasados — o departamento de marketing vai lançar ainda esta semana a campanha #NossoJefferson.

“O marketing ainda está fechando os últimos detalhes, mas inicialmente o torcedor poderá nos ajudar pagando parcelas mensais até o final do ano, quando vamos terminar de pagar a dívida. Como já estamos no meio do mês de janeiro, devem ser 11 parcelas com valores diferenciados”, revelou o presidente que ainda não teve acesso aos números. Segundo, o dirigente, amanhã ele vai se reunir com o departamento de marketing para aprovar os valores. Se tudo der certo, entre quarta e quinta-feira a campanha será lançada. “Deve ter valores diferenciados para quem pode contribuir mais ou menos ao longo do ano. Não podemos perder tempo. Amanhã (hoje) ele se reapresenta e temos que aproveitar este momento para pedir o apoio da torcida”, disse.

Feliz por ter conseguido manter o goleiro, o presidente garante que o pagamento da dívida com Jefferson não está condicionada ao sucesso da iniciativa: “Se por acaso a campanha não tiver sucesso, vamos lamentar, mas nos organizamos para honrar o que acordamos com o atleta”.

Dinheiro da Copa vai para Herrera

O Botafogo espera receber da Fifa, nos próximos dias, cerca de R$ 584 mil pela participação do goleiro Jefferson e do meia Lodeiro na Copa do Mundo, no Brasil. O dinheiro nem chegou ao caixa de General Severiano e já tem destino certo.

“Ainda não conseguimos liberar esta receita, mas quando ela chegar vai servir para pagar a dívida de quinhentos mil reais do Herrera”, lamentou o presidente Carlos Eduardo.

No início do mês, o clube recebeu um comunicado da Fifa informando que terá até o dia 8 de fevereiro para acertar a dívida de R$538 mil com Emirates Club, sob pena de perder pontos na competição que estiver disputando. Há três anos, o atacante foi vendido por R$ 6 milhões ao clube árabe, mas até agora o departamento jurídico não descobriu a origem da dívida.