Antes do Voltaço, Luxa dá bronca no Fla

Técnico troca treino por palestra na véspera da partida

Por O Dia

Rio - O Flamengo administra problemas e busca corrigir erros, enquanto tenta se manter no G-4 do Campeonato Carioca. Contra o Volta Redonda, nesta quarta, às 22h, no Maracanã, Vanderlei Luxemburgo não quer ver os erros dos últimos jogos se repetirem. Por isso, ontem, no Ninho do Urubu, o treinador, preocupado principalmente com o setor defensivo, trocou o treino no campo por uma palestra, com jeito de puxão de orelha.

Flamengo pega o Volta Redonda no MaracanãCarlos Moraes / Agência O Dia

Um tropeço pode custar três posições ao Rubro-Negro. Em quarto lugar, o time tem os mesmos 17 pontos do Madureira e está dois à frente do seu adversário desta noite e do Macaé.

A vitória sobre o Friburguense não escondeu as falhas. O treinador deixou claro para os jogadores que, não fosse a fragilidade do adversário, a história poderia ter sido bem diferente. O time da Serra acertou duas bolas na trave, mesmo dominado na maior parte do tempo.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Flamengo

Como exemplo para comprovar sua tese, o treinador tomou a derrota para o Botafogo como referência. Diante de um rival de tradição, um erro determinou o fracasso.

“Tivemos uma semana intensa. Houve a despedida de Léo (Moura), trabalhamos dois períodos, eu estava voltando de lesão e treinei forte, os outros também. Temos que ter mais atenção e concentração contra equipes menores. Não podemos mais perder esse foco. Nossa postura já será diferente”, disse Anderson Pico.

Vanderlei exibiu vídeos dos últimos jogos e apontou erros de posicionamento. Com jogadores desgastados fisicamente, o treinador preferiu dar descanso para o corpo e cobrar da mente do grupo.

O técnico ainda não definiu se mandará a campo a mesma escalação do último jogo, mas já sabe qual postura quer de sua equipe. E passou isso no papo, que muitas vezes vale mais do que um treinamento, segundo Anderson Pico.

“Essas conversas são muito importantes, já que queremos ter um ano vitorioso. Qualquer falha pode significar um resultado negativo. Foi o que aconteceu contra o Botafogo. Não se pode errar contra equipes grandes. O Vanderlei frisou isso, e nós estamos conscientes do que temos que fazer amanhã (hoje)”, concluiu Pico.