Volta ao G-4 alivia a pressão no Tricolor

Má atuação contra o Resende serve de alerta para clássico com o Botafogo, que vai acontecer nesse fim de semana

Por O Dia

Rio - Longe de apresentar o melhor de seu futebol, o Fluminense valorizou a suada vitória de 1 a 0 sobre o Resende. De volta ao G-4 após duas derrotas seguidas, o Tricolor alivia a pressão nas Laranjeiras na semana de preparação para enfrentar o Botafogo, domingo, no Maracanã. Para desbancar o líder e invicto arquirrival, Cristóvão Borges tem consciência de que a equipe tem muito a corrigir.

Situação no Flu ficou menos tensaDivulgação

“Tínhamos de ganhar independentemente de qualquer coisa. Objetivo era a vitória e ainda voltamos para a zona de classificação. Não foi das melhores partidas, mas já jogamos bem pior. Tivemos duas derrotas seguidas, oscilamos, precisávamos. A vitória era mais importante do que jogarmos bem”, disse Cristóvão Borges.

LEIA MAIS: Notícias, contratações e bastidores: confira o dia a dia do Fluminense

SEGUNDO FURTO

Preocupado com o baixo rendimento da equipe, o treinador terá Edson e Rafinha, que cumpriram suspensão, à disposição. Gum e Guilherme Mattis, que aprimoram a forma física, podem ser opção. Improvisado como segundo volante, Gerson, de 17 anos, agradou em sua estreia como titular e pode ganhar uma nova chance no clássico. Com a volta de Edson, ele jogaria avançado na armação.

LEIA MAIS: Notícias, resultados e bastidores do Campeonato Carioca

Em dez dias, a sede das Laranjeiras voltou a ser alvo de furto. Os ladrões levaram arrombaram o contêiner localizado atrás de um dos gols do estádio e levaram uniformes do clube. A 9ª DP do Catete investiga os casos.