Pela primeira vez, Mané Garrincha será palco de evento cultural

Show de Renato Russo será, segundo os organizadores, a primeira execução de holografia humana no Brasil

Por O Dia

Brasília - O Estádio Nacional Mané Garrincha terá neste sábado a primeira oportunidade de mostrar que, de fato, poder ser uma arena multiuso. Ao mesmo tempo, tentará preencher um vazio deixado na cidade desde 1988, ano em que Brasília teve o último show de um de seus filhos mais ilustres: Renato Russo, que morreu em 1996. Por meio de um holograma (técnica que usa a iluminação para apresentar imagens em três dimensões), as pessoas poderão ouvir a música daquele que, para muitos, traduziu na forma de poesia e rock'n'roll os anseios, sentimentos e a indignação de diferentes gerações de fãs. 

Pela primeira vez%2C Mané Garrincha será palco de evento culturalAgência Brasil


O ineditismo não estará restrito ao uso do novo estádio para um evento cultural. O show Renato Russo Sinfônico será, segundo os organizadores, a primeira execução de holografia humana no Brasil. A expectativa é que cerca de 50 mil pessoas compareçam ao estádio para ver, além do holograma do líder da Legião Urbana, a performance dos 14 artistas que interpretarão músicas dele.

Entre os convidados estão artistas da cidade como Zélia Duncan, Ellen Oléria, Alexandre Carlo (Natiruts), André Gonzales (Móveis Coloniais de Acaju) e Hamilton de Holanda. Além deles, Lobão, Zizi Possi, Jerry Adriani, Jorge Du Peixe (Nação Zumbi), Luiza Possi, Sandra de Sá, Ivete Sangalo, Fernanda Takai e a violinista norte-americana Ann Marie Calhoun.

Cada artista interpretará uma música da Legião Urbana, acompanhado pela Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro (sob a regência do maestro Claudio Cohen) e por uma banda formada por músicos relacionados ao rock de Brasília: Fred Nascimento nas guitarras, violão e backing vocals; Fred Castro (ex-Raimundos) na bateria; Flavia Couri (Autoramas) no baixo; Marcela Vale na guitarra; e Luciano Lopes nos teclados. O cerimonial ficará a cargo do ator Fabrício Boliveira, que interpretou o João de Santo Cristo no filme Faroeste Caboclo.

De acordo com a produção do show, os portões do estádio serão abertos a partir das 16h. A apresentação tem previsão de começar às 20 horas.

Últimas de _legado_Brasil