Bando deixa vítimas nuas em Santa Catarina

Criminosos pararam ônibus em falsa blitz e assaltaram 32 passageiros

Por O Dia

Santa Catarina - Passageiros de um ônibus de turismo foram feitos reféns na tarde de domingo e obrigados a ficar nus durante assalto em Barra Velha, no litoral norte de Santa Catarina. Quatro homens armados com fuzis e coletes similares aos da Polícia Civil assaltaram o ônibus, depois de parar o veículo em uma falsa blitz na BR-101. O ônibus saíra de Novo Hamburgo (RS) e ia em direção a São Paulo (SP).

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, a abordagem ocorreu por volta das 16h no Km 95 da BR-101. Os quatro homens pararam o ônibus de turismo e disseram ao motorista que havia suspeita de drogas no interior do veículo. Em seguida, anunciaram o assalto.

Dois assaltantes abordaram os passageiros, e um deles ficou na cabine dianteira, com um fuzil apontado para o motorista. De acordo com o dono da empresa de ônibus, Mauro Klein, os passageiros foram sequestrados e o ônibus levado por cerca de oito quilômetros em uma estrada vicinal, em direção ao bairro Medeiros, em Barra Velha. Outro assaltante seguiu o ônibus em um carro.

Os 32 passageiros foram revistados e também tiveram suas malas remexidas. Alguns foram despidos para verificar se havia mais dinheiro nas roupas. O ônibus foi abandonado, e os reféns, que estavam no porta-bagagens, se libertaram cerca de 40 minutos depois. Os assaltantes fugiram.

Segundo Mauro Klein, o veículo seria escoltado por uma empresa contratada em Joinville, no norte catarinense, cidade vizinha de Barra Velha. Após o assalto, o ônibus retornou a Novo Hamburgo, chegando na cidade gaúcha por volta das 5h desta segunda. O empresário informou que o valor roubado ainda não havia sido contabilizado até a tarde.

Últimas de _legado_Brasil