Sobrevivente de desabamento de prédio na Itália é brasileira

Mulher está internada e teve 80% do corpo queimado. Ela dividia apartamento com amigo que morreu no desastre

Por O Dia

Itália - A única sobrevivente do desabamento de um edifício em Arnasco, na região italiana da Ligúria, no último sábado é brasileira. No entanto, ela segue internada em estado grave no hospital Villa Scassi, em Gênova. A mulher, cujo nome ainda não foi descoberto, tem cerca de 40 anos e está com queimaduras em 80% do seu corpo. Ela é amiga de Marco Vegezzi, 49, morto na explosão que derrubou o prédio. Os dois dividiam um apartamento.

Prédio desabou na Itália após vazamento de gásEFE


No entanto, a polícia ainda precisa identificá-la oficialmente por meio de amigos ou parentes, que ainda não se apresentaram na delegacia. Só foi possível descobrir que a sobrevivente é brasileira porque ela conseguiu passar essa informação aos médicos logo após ter sido socorrida.

O desabamento deixou cinco pessoas mortas, sendo quatro homens e uma mulher. A tragédia foi provocada por um vazamento de gás, e os policiais estão investigando para saber se alguém pode ser responsabilizado.

Últimas de _legado_Mundo e Ciência