Homem morre e PM é baleado em assalto em Senador Camará

Sargento Vanderlei, adido da Alerj, está internado no Hospital Albert Schweitzer. Uma terceira vítima também ficou ferida

Por O Dia

Rio - Um homem ainda não identificado morreu e um sargento lotado no Diretoria Geral de Pessoal (DGP), adido na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj), foi baleado, em uma suposta tentativa de assalto, na Estrada do Viegas, em Senador Camará, na Zona Oeste do Rio, no início da madrugada desta sexta-feira.

De acordo com o 14º BPM, o sargento identificado como Wanderlei, estava em um veículo com outros dois homens quando teria sido abordado por quatro homens em duas motos. O PM reagiu e foi baleado nas costas e na perna. Ele foi socorrido no Hospital Estadual Albert Schweitzer, em Realengo, onde passou por cirurgia. Ainda não há informações sobre seu estado de saúde.

O outro homem baleado na boca e no pescoço foi levado para a Unidade de Ponto Atendimento (UPA) de Senadora Camará, mas não resistiu. Ele seria parente do policial militar. Uma terceira pessoa ficou ferida e foi levada para também para o Albert Schweitzer. O veículo foi abandonado pelos marginais no bairro de Bangu, vizinho a Senador Camará, segundo o 14º BPM. A Divisão de Homicídios investiga o caso.

De acordo com a especializada, um inquérito foi instaurado para identificar a autoria do homicídio e de duas tentativas de homicídio. A perícia foi feita no local. O corpo da vítima fatal foi encaminhado para identificação no IML/Centro. O veículo do PM foi apreendido e encaminhado à perícia. Os agentes estão à procura de possíveis testemunhas e imagens de câmeras de segurança instaladas na região para análise.



Últimas de Rio De Janeiro