Acusado de homicídios é preso pela PRF com pistola na Niterói-Manilha

Homem foi encontrado na altura de São Gonçalo

Por O Dia

Rio - Um homem de 37 anos foi preso em flagrante com uma pistola nesta quarta-feira por agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) na Niterói-Manilha (BR-101). Segundo a PRF, ele ainda é acusado de roubo e homicídio. Os policiais chegaram ao homem durante abordagem da operação 'Cinturão' na rodovia, na altura de São Gonçalo. A ocorrência foi encaminhada à 74ª DP (Alcântara).

Policiais rodoviários federais ncontraram uma pistola calibre 380%2C com 16 munições%2C escondida embaixo do banco de veículoDivulgação

Por volta das 10h30, na altura do km 302, policiais rodoviários federais abordaram uma caminhonete com placas de São Gonçalo/RJ, após suspeitarem dos três ocupantes. Em uma revista no automóvel, os policiais encontraram uma pistola calibre 380, com 16 munições, pronta para uso, que estava escondida embaixo do banco.

Um dos passageiros assumiu ser o dono da arma. Ele estaria fazendo a segurança dos outros dois suspeitos, que seriam proprietários de postos de combustíveis da região. Em uma consulta aos sistemas de segurança pública, os agentes da PRF constataram que o suposto segurança, morador de Itaboraí, possuía mandados de prisão em seu desfavor. Ele é acusado pelos crimes de roubo e dois homicídios qualificados.

A 'Operação Cinturão' é um reforço no policiamento das principais rodovias federais do Rio de Janeiro, com objetivo de combater o tráfico de drogas, armas, roubo, furto de veículos e cargas, além de outros crimes diversos. Policiais rodoviários federais do Rio atuam em pontos e horários específicos com maior incidência de criminalidade. O policiamento reforçado conta ainda com o auxílio de um helicóptero e policiais rodoviários federais de outros estados.

Últimas de Rio De Janeiro