Pelas Ruas: Violões e harpas

Orquestra de Violões do Forte de Copacabana – com jovens de comunidades – recebe Eduardo Viveros, harpista mexicano

Por O Dia

Rio - Neste sábado, o Forte de Copacabana vira palco para o Rio Harp Festival, maior festival de harpas do mundo, com mais de 150 apresentações no Rio de Janeiro. A anfitriã é a Orquestra de Violões do Forte de Copacabana – composta por jovens de comunidades –, e recebe Eduardo Viveros, um harpista mexicano de apenas 11 anos que vem ao Brasil especialmente para essa apresentação, que terá repertório de músicas latino-americanas. Às 18h, de graça, capacidade para 200 pessoas, então vale se adiantar.

Fala tu

A Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu estreou o Cineclube ELC e hoje levará o filme ‘Fala tu’, de Guilherme Coelho para a Praça de Austin. O filme acompanhou o cotidiano de três moradores da Zona Norte que têm em comum a paixão pelo rap. Além do filme, haverá um pocket show do grupo #ComboIO (foto), que venceu o Take Back the Mic, a ‘Copa do Mundo do Hip Hop’.

Escola Livre de Cinema de Nova Iguaçu estreou o Cineclube ELCMitchell Zachs

Ali na calçada

Uma área de convivências será montada na lateral externa do Centro Banco do Brasil durante todo o festival de artes cênicas Cena Brasil Internacional. Sobre o deck, mesinhas, cadeiras e barraquinhas, com tapioca, comida baiana, bolinhos e bebidas. A mostra ocupará diversos espaços do CCBB com apresentação de companhias nacionais e internacionais, da China, Japão, México e Suíça. Na rotunda, estará a instalação “Dispositivo Móvel Ohno”, em homenagem ao bailarino e coreógrafo japonês Kazuo Ohno.

Sobre o deck%2C mesinhas%2C cadeiras e barraquinhas%2C com tapioca%2C comida baiana%2C bolinhos e bebidasConrado Krivochein

África na praça

Quer conhecer a cultura de países como Angola, Cabo Verde e Congo? Amanhã tem a Feira Cultural e Gastronômica Paladares da África na Praça Tiradentes. Nas tendas, quitutes típicos de vários países como as fungi de milho, fungi de bombo, muamba de galinha, peixe seco, calulu, mufete, de Angola; cachupa, caldo de peixe, xerém, papa de milho, de Cabo Verde; e macaiabo, do Congo Democrático. Haverá também arte, moda, música e shows.

Pagode retrô

Uma viagem no tempo com grupos de pagodeiros que marcaram época nos anos 1990: Swing & Simpatia, Pique Novo, Kiloucura, Renatinho, Bokaloka, Os Morenos, Alô Som, Pirraça, Nascente, Sociedade do Samba, 100%, Kae Banda Brasil e Só Preto Sem Preconceito – com os sambas melódicos ‘Toque Mágico’ e ‘É Tanta’, entre outros sucessos do período. Trata-se da Feijoada Retrô do Deck Carioca, em Bangu, que agitará o próximo domingo, a partir das 15h.

Confetes

A cidade é tema do FotoRio – Encontro Internacional de Fotografia. E se revela em paisagens, pessoas, manifestações populares, acontecimentos históricos e cotidianos. São seis exposições no Centro Cultural Correios.

Vai até amanhã a 6ª edição do Festival Internacional Estudantil de Cinema de Piraí, no Vale do Café fluminense. Composto por três mostras, conta com um time de jurados de peso, entre eles o ator André Ramiro, que participou do filme ‘Tropa de Elite’.

Estreia em 17 de junho o espetáculo ‘Flamengo – Histórias do Rubro-Negro’, escrito por Edvard Passos, na sede do time. Mas, até 14 de junho, o portal Benfeitoria abriga campanha de financiamento coletivo da obra.

O Acarajazz entra no espírito de São João e promete um arraiá de responsa, regado a dendê, na próxima quarta, 3 de junho, no Largo da Prainha. O homenageado da vez é o baiano nagô Gilberto Gil. E o Bondesom promete fazer a ema gemer e a quadrilha esquentar. Sonia, a baiana do Acarajé, presente!

Domingo tem Feijoada do Cosme Velho, a partir das 13h, com o Grupo Morô Maria, Rosi Guará e Grupo RG. Participações especiais de Leandro Fregonesi e Monarco.

Por Rita Fernandes

Últimas de Rio De Janeiro