'Vale a pena morrer?', disse namorada a jovem assassinado em lan house

Em conversa com Henrique da Silva, Rayane Maria pediu que ele se protegesse; jovem postou mensagem 30 minutos antes de morrer: 'Sei que minha vitória Deus está preparando'

Por O Dia

Rio - Após a morte de Henrique da Silva, 20 anos, assassinado a tiros dentro de uma lan house em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, na última quinta-feira, a namorada da vítima, Rayane Maria, postou um diálogo entre os dois em seu perfil no Facebook. "Vale a pena morrer? Não há dinheiro no mundo que pague a nossa dignidade e principalmente a nossa vida", disse ela ao jovem. Ele teria sido assassinado por conta de uma briga relacionada ao tráfico de drogas na região e já tinha passagem por porte ilegal de armas, tráfico e associação ao tráfico. 

Em diálogo com Henrique Silva%2C namorada da vítima pedia que ele se protegesse%3A "Vale a pena morrer%3F"Reprodução Facebook

Trinta minutos antes de morrer, o jovem ainda publicou a mensagem "Sei que minha vitória Deus está preparando'. Em seguida, amigos chegaram a compartilhar e comentar a publicação: 'Não dá para acreditar", disse um deles. 

O suspeito de assassinar Henrique já foi identificado: Marcos Vinícius, conhecido como MV. Segundo policiais, ele já havia tentando matar Henrique em março. MV está sendo procurado pela polícia. 

Homem é morto dentro de lan house na Baixada Fluminense

Imagens da câmera de segurança do estabelecimento mostram o criminoso chegando ao local, que fica no bairro do Éden, por volta das 19h. Ele tentou atirar em Henrique, mas a arma falhou duas vezes e curiosamente ninguém percebeu a ação de MV. Um minuto depois, ele retornou e atingiu a vítima cinco vezes na nuca, fugindo em seguida.

A Polícia Civil realizou a perícia no local e as investigações estão a cargo da Divisão de Homicídios (DH) da Baixada. 

Últimas de Rio De Janeiro