Alegria para contagiar o Carnaval

Caçula da Baixada será avaliada na Intendente Magalhães. Se for aprovada pelos jurados, estreará na Série D

Por O Dia

Ela até pode ser a escola de samba caçula da Baixada, mas o entusiasmo e a determinação são de gente grande. E para fazer bonito logo em seu desfile de estreia no Grupo de Avaliação e garantir vaga ano que vem na Série D do Carnaval carioca, o Grêmio Recreativo Alegria do Vilar, de São João de Meriti, aposta em uma lenda indígena. O enredo ‘Os quatro filhos de Numiá’ contará a história de amor entre o sol e a lua. A apresentação será no sábado das campeãs, na Intendente Magalhães, em Campinho, Zona Norte do Rio.

Formada em sua maioria por integrantes da extinta escola de samba da região, a Independente da Praça da Bandeira, a agremiação de Vilar dos Teles foi fundada em novembro de 2012 e desfilou inicialmente como bloco carnavalesco em Meriti. No fim do ano passado, foi convidada pela Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro (AESCRJ) a fazer parte do grupo de avaliação.

Intérprete Mário Sérgio está empolgado com o samba da escola. A rainha Andressa Pandeiro será coroada hojeEstefan Radovicz / Agência O Dia

Ainda sem sede própria — a escola ensaia em um salão de festas alugado — a expectativa é chegar nos próximos anos à Marquês de Sapucaí. “O ponto forte sem dúvidas está no resgate da comunidade. A região estava órfã de cultura, para não deixar o samba morrer criamos o bloco. As coisas ganharam uma proporção além do que esperávamos e a Sapucaí agora é o limite”, destacou o presidente, Salvador Antônio dos Santos.

Com um custo estimado em R$ 60 mil, a Alegria do Vilar vai desfilar com cerca de 500 componentes distribuídos em 15 alas e dois carros alegóricos, sendo um deles um tripé. A escola competirá com mais 12 agremiações. As duas primeiras sobem para a Série D em 2016. Já as duas últimas ficam um ano sem desfilar. Durante os 35 minutos de desfile, 10 quesitos serão avaliados.

A escola de Meriti terá seu pavilhão carregado por uma dupla de pouca idade, mas experiente no mundo do samba. Luana Faria, 21, e Luiz Juan dos Santos, 18, eram da escola mirim da Acadêmicos do Grande Rio, de Duque de Caxias. Este ano, vão atuar pela primeira vez como casal principal. “Ensaiamos três vezes por semana. A coreografia será surpresa”, disse Luana.

Também da Grande Rio veio a rainha de bateria da escola, Andressa Pandeiro, de 25 anos. Há oito anos ela é a passista show da escola de Caxias. A coroação será logo mais, às 19h, no ensaio da agremiação (Avenida presidente Lincoln 2004, Vilar dos Teles). A entrada é gratuita.

Fantasias de graça para a estreia

Ainda há tempo para quem deseja desfilar pela escola de Meriti. As fantasias são todas de graça. Para garantir a vaga, basta comparecer aos ensaios técnicos aos domingos. As fantasias foram desenhadas pelo carnavalesco Walter Guilherme. “Todas são como uma filha, mas uma que gosto muito é a do Deus Rudá, que abençoou a união entre o sol e a lua”, revelou.

Já o intérprete oficial da escola Mário Sérgio Hugo, 24, está confiante. “Os refrões são empolgantes e dentro deles preparamos algumas paradinhas que vão empolgar a galera”.

O Samba

OS QUATRO FILHOS
DE NUMIÁ

INTÉRPRETE OFICIAL
Mário Sérgio Hugo

AUTORES
Reginaldo, Jacaré Soares, Luizinho do Independente

A lua clareou Jaci, que se apaixonou por Guaraci, nessa folia eu vou me acabar, vem no balanço da Alegria do Vilar.

Abram-se as cortinas que o show vai começar, a minha escola querida, hoje traz para a avenida os quatro filhos de Numiá (Lá,lá, lá).

Outono, as chuvas caem sobre os montes. O arco-íris pinta de cores o horizonte. É festa, é cultura, colheita, agricultura, período de muita fartura.

Vem me aquecer nesse inverno. É caso sério, que emoção. Com a bateria eu vou bater no peito amor, que maravilha as cores do meu pavilhão.

Na essência das flores vem a primavera em harmonia, colorindo a natureza, oh! que beleza, quanta magia.
Verão chegou! Surgiu um sol radiante, nesse calor é um mergulho a cada instante. Cerveja gelada, batucada geral, é fevereiro, chegou carnaval.


Últimas de _legado_O Dia na Baixada