Perseguição policial pelas ruas de Botafogo termina com três baleados

Dois feridos são bandidos que estavam em um carro fugindo da PM e outro um idoso que passava na hora dos tiros

Por O Dia

Rio - Uma perseguição policial a homens que estavam em um carro roubado pelas ruas de Botafogo, na Zona Sul da cidade, teve troca de tiros e terminou com os dois ocupantes do veículo e uma pessoa que passava na hora da troca de tiros baleados, na manhã desta sexta-feira.

A perseguição começou na Rua Pinheiro Machado, em Laranjeiras, quando os policiais do 2º BPM (Botafogo) receberem a informação de que o carro seria roubado. A denúncia foi feita pelo professor de Educação Física Tiago Machado Dias, irmão da proprietária do veículo, que tinha visto o carro na Praia do Flamengo. Ele passou a informação para a 10ª DP (Botafogo) e também para PMs que estavam em patrulhamento no Largo do Machado. 

Assaltantes foram presos após perseguição e troca de tiros com policiaisMontagem / Fotos de leitor

O confronto seguiu até Botafogo, quando os bandidos bateram com o carro em outro veículo na Rua Marquês de Olinda, esquina com a Rua Muniz Barreto. Os ladrões desembarcaram e iniciaram uma troca de tiros com os policiais, quando acabaram baleados e se renderam. Um idoso, identificado como Sidney Arabella Rosa, de 63 anos, passava no local e acabou atingido por uma bala perdida na perna.

Segundo testemunhas, um terceiro criminoso teria conseguido fugir, mas a PM confirmou até o momento somente os dois assaltantes que foram baleados. Os tiros causaram pânico para quem passava pelo trecho na hora da fuga dos bandidos. A Rua Muniz Barreto chegou a ficar parcialmente interditada para o trânsito, causando grande congestionamento na região.

O professor de Educação Física Tiago Machado Dias reconheceu o carro da irmã%2C que havia sido roubado%2C e acionou a políciaLucas Gayoso / Agência O Dia

Os dois criminosos e o idoso baleados foram levados para o Hospital Municipal Miguel Couto, na Gávea. Não há informações sobre o estado de saúde deles. 

De acordo com a delegada Cristiane Carvalho, titular da 9ª DP (Catete), Igor Moura dos Santos Frederico, 20 anos, e Gleysson Cunha Costa, 23 anos, foram autuados em flagrante por resistência, porte ilegal de arma de uso restrito, lesão corporal e disparo de arma de fogo. Os PMs foram ouvidos e tiveram as armas apreendidas para perícia. Os agentes aguardam a recuperação da vítima baleada para que possa ser ouvida.

Após perseguição e tiros em Botafogo%2C rua ficou com marcas de sangueLucas Gayoso / Agência O Dia


Últimas de Rio De Janeiro