Vândalos invadem escola municipal em Nova Iguaçu

Alimentos que seriam utilizados na merenda das crianças tiveram que ser inutilizados

Por O Dia

Rio - Vândalos invadiram na madrugada desta sexta-feira a Escola Municipal Presidente Dorneles Vargas, no bairro da Posse, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. Uma leitora que tem uma irmã no colégio enviou através do WhatsApp do DIA (98762-8248) fotos da cozinha completamente destruída. Segundo ela, os alimentos, que chegaram há três dias e seriam usados na confecção das merendas, tiveram que ser inutilizados.

Esta não é a primeira vez que a escola é invadida. Somente em janeiro, criminosos entraram na unidade três vezes. Em duas, roubaram computadores e atearam fogo em uma sala. Na ocasião, os criminosos também invadiram uma igreja que fica na esquina da escola.

Vândalos destruíram alimentos em cozinha de escola WhatsApp O DIA (98762-8248)

Com seis turmas, sendo três no período da tarde e outras três no período da manhã, o colégio atende cerca de 200 crianças da Educação Infantil á primeira fase do Ensiono Fundamental.

"Isso é um absurdo. São quase 200 alunos sem comida. Eles jogaram tudo no chão, desde ovos, manteiga, arroz e frango, tudo para as crianças", lamentou a irmã da aluna.

O caso foi registrado na 58ª DP (Posse) e, segundo o delegado adjunto Eduardo Cruz, as investigações estão em andamento para apurar os fatos. A perícia foi feita no local e a diretora do colégio foi ouvida na unidade. Agentes buscam imagens de câmeras de segurança na região e aguardam resultado de laudo pericial.

A Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu ainda não se pronunciou sobre o caso.


Últimas de Rio De Janeiro

Vândalos invadem escola municipal em Nova Iguaçu O Dia - Rio De Janeiro

Vândalos invadem escola municipal em Nova Iguaçu

Alimentos que seriam utilizados na merenda das crianças tiveram que ser inutilizados

Por O Dia

Rio - Vândalos invadiram na madrugada desta sexta-feira a Escola Municipal Presidente Dorneles Vargas, no bairro da Posse, em Nova Iguaçu, Baixada Fluminense. Uma leitora que tem uma irmã no colégio enviou através do WhatsApp do DIA (98762-8248) fotos da cozinha completamente destruída. Segundo ela, os alimentos, que chegaram há três dias e seriam usados na confecção das merendas, tiveram que ser inutilizados.

Esta não é a primeira vez que a escola é invadida. Somente em janeiro, criminosos entraram na unidade três vezes. Em duas, roubaram computadores e atearam fogo em uma sala. Na ocasião, os criminosos também invadiram uma igreja que fica na esquina da escola.

Vândalos destruíram alimentos em cozinha de escola WhatsApp O DIA (98762-8248)

Com seis turmas, sendo três no período da tarde e outras três no período da manhã, o colégio atende cerca de 200 crianças da Educação Infantil á primeira fase do Ensiono Fundamental.

"Isso é um absurdo. São quase 200 alunos sem comida. Eles jogaram tudo no chão, desde ovos, manteiga, arroz e frango, tudo para as crianças", lamentou a irmã da aluna.

O caso foi registrado na 58ª DP (Posse) e, segundo o delegado adjunto Eduardo Cruz, as investigações estão em andamento para apurar os fatos. A perícia foi feita no local e a diretora do colégio foi ouvida na unidade. Agentes buscam imagens de câmeras de segurança na região e aguardam resultado de laudo pericial.

A Secretaria Municipal de Educação de Nova Iguaçu ainda não se pronunciou sobre o caso.


Últimas de Rio De Janeiro