Em greve há um mês, profissionais da Uerj realizam atos nesta quarta-feira

Evento inclui duas passeatas e uma audiência pública para discutir as pautas da paralisação, como o atraso salarial

Por O Dia

Rio - Em greve há um mês, os funcionários e alunos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) vão promover o evento denominado de "A Uerj vai parar o Rio o dia todo", nesta quarta-feira, que inclui duas passeatas e uma audiência pública. Por volta das 7h, eles vão fazer um ato na Radial Oeste e, às 17h, nos bairros do Maracanã e Vila Isabel, na Zona Norte. Já o encontro será realizado a partir das 10h, no campus da universidade.

Professores e funcionários da Uerj estão em greve há um mêsFoto%3A Daniel Castelo Branco / Agência O Dia

Na convocação para o evento, os organizadores explicaram que escolheram uma das principais vias da cidade para fazer a primeira manifestação com o objetivo de chamar a atenção dos cariocas para a "atual precariedade em que se encontra a universidade". A audiência discutirá as pautas da greve, como o atraso de salários de contratados, terceirizados e bolsistas; e a falta de reajuste salarial entre os docentes.

LEIA MAIS

Ato reivindica pagamento de salários e melhores condições de trabalho na Uerj

?Restaurante universitário da Uerj não tem previsão de reabertura

?Funcionários e alunos fazem protesto no primeiro dia de greve na Uerj

De acordo com os organizadores, a principal passeata é a de 17h, denominada de #UerjResiste, onde reunirá todas as categorias da universidade e promete reunir maior número de pessoas. 


Últimas de Rio De Janeiro