Taxista é morto em tentativa de assalto na Avenida Brasil, na altura de Cordovil

Dois homens armados tentaram abordar o condutor de um Fiat Idea. O homem não parou e eles partiram para cima do taxista, que foi baleado quando tentava deixar o local

Por O Dia

Taxista foi morto em tentativa de assalto na Avenida BrasilWhatsApp O DIA (98762-8248)

Rio - Um taxista foi morto numa tentativa de assalto na Avenida Brasil, na altura do Trevo das Missões, em Cordovil, Zona Norte da cidade, na noite desta terça-feira. Segundo a Polícia Civil, um inquérito foi aberto na Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital) para apurar as circunstâncias da morte do motorista, identificado como José Cardoso Carneiro, de 77 anos.

Segundo as informações, por volta das 20h30, dois homens armados tentaram abordar o condutor de um Fiat Idea, perto de uma passarela da favela da Cidade Alta, no entanto, o motorista se recusou a parar o carro e acelerou, deixando o local. Os bandidos então partiram para cima do taxista que passava na hora.

O homem se assustou, travou as portas do carro e também acelerou, em uma tentativa de fugir, mas os bandidos, irritados, efetuaram ao menos dois disparos. Um dos tiros acertou o taxista, que chegou a bater em outros carros que trafegavam pela Avenida Brasil. José Cardoso Carneiro morreu na hora.

Em nota, a Polícia Militar disse que policiais do Batalhão de Policiamento em Vias Especiais (BPVE) estiveram no local. Os agentes aguardaram a chegada da equipe da DH-Capital, que realizou uma perícia no local. O crime foi registrado como latrocínio (roubo seguido de morte).

CRIMES PARECIDOS

Nesta terça-feira, policiais do 41º BPM (Irajá) que faziam patrulhamento na Avenida Brasil, próximo da Estrada João Paulo, em Barros Filho, conseguiram impedir que bandidos roubassem um caminhão. Um suspeito foi preso na ação.

No último mês, em Jacarepaguá, quatro homens provocaram pânico entre os frequentadores de um posto de combustíveis na Freguesia. Com uma arma em punho, o grupo abordou o dono de um Nissan Versa branco e tentou roubar o carro, que deixava o estabelecimento. No entanto, o motorista não obedeceu á ordem de parada e acelerou o carro, atropelando um bandido. Ele bateu com o carro na loja de conveniência do posto e foi baleado pelos criminosos. Em sequência, o bando partiu para cima do condutor de um Corolla preto, que abastecia no local. O homem foi obrigado a deixar o veículo e os criminosos fugiram em direção à Autoestrada Grajaú-Jacarepaguá.

LEIA MAIS:

Polícia impede roubo a caminhão na Avenida Brasil, altura de Barros Filho

Bando promove arrastão em posto de combustíveis em Jacarepaguá

Motorista de táxi morre após ser atingido por bala perdida em Niterói

Ao desmaiar em acidente no Sampaio, taxista tem o carro saqueado

Também em maio, um taxista que desmaiou em um acidente no Sampaio, na Zona Norte, acabou tendo o carro saqueado. Ao colidir com um ônibus, o homem, identificado apenas como Severino Rosas, de aproximadamente 35 anos, apagou. Ele seria socorrido pelo motorista do coletivo, que logo desceu para prestar o auxílio, no entanto, foi primeiramente atendido por bandidos que passavam pela Avenida Marechal Rondon. Criminosos saquearam o carro do taxista e fugiram. Enquanto isso, o motorista do ônibus assistiu toda a cena de dentro do coletivo, onde permaneceu trancado até a chegada do Corpo de Bombeiros.

Em abril, um taxista morreu atingido por uma bala perdida em São Francisco, bairro de Niterói, Região Metropolitana do Rio. Identificado como Carlos Alberto Gomes, 36 anos, o taxista abastecia seu carro em um posto de combustível, na Avenida Rui Barbosa, quando o crime aconteceu.

Últimas de Rio De Janeiro