Sara Bentes tem a voz eleita para orientar cegos em equipamentos eletrônicos

Cantora de Volta Redonda disputou com mais de 3 mil concorrentes em votação pela internet

Por O Dia

Rio - A nova voz que vai guiar portadores de deficiência visual em aparelhos eletrônicos no Brasil é fluminense. A cantora Sara Bentes, de Volta Redonda, no Sul do estado, foi eleita entre mais de 3 mil concorrentes, em votação pela internet, para emprestar sua voz a um novo sintetizador de som para cegos. Por meios de leitores de tela, a voz vai orientar com informações usuários de celulares, computadores, GPS, e equipamentos de atendimentos eletrônicos de bancos, aeroportos, rodoviárias, entre outros estabelecimentos com auto-atendimento.

Sara Bentes%2C de 33%2C perdeu a visão há oito anos%3A 'É uma honra poder ajudar milhões de pessoas'Divulgação

O concurso foi feito pela F123 Visual, empresa responsável por um software inovador, de baixo custo e alta eficiência, que possibilita o acesso de deficientes visuais à educação e à informação de modo em geral, por meio de uma infinidade de aparelhos tecnológicos.

“Estou muito feliz, pois um dos meus sonhos está se concretizando. É uma responsabilidade e tanto, mas também uma honra saber que minha voz vai ajudar milhões de pessoas cegas ou com baixa visão a se orientarem de alguma forma”, afirma Sara Bentes. “Meu intuito é só tentar ajudar a outras que também são portadoras de deficiência visual, motivá-las, e tentar melhorar este nosso mundo ainda tão despreparado para o ‘diferente’”, completa.

Com 33 anos, Sara Bentes, portadora de deficiência visual crônica, que acabou lhe cegando de vez há oito anos, já está gravando mais de 3 mil palavras e frases que vão compor o novo sintetizador de voz para cegos. A cantora volta-redondense também é compositora — ela lançou o CD intitulado ‘Invisível’ —, escritora e atriz. O trabalho de Sara pode ser conferido através do site www.sarabentes.com.br. “Eu enxergo com o coração. E tudo que se faz com o coração tem amor, tem alegria, tem paz”, costuma repetir.

Últimas de Rio De Janeiro