Informe: projeto proíbe censo religioso

Medida ocorre após o Informe divulgar o censo religioso promovido pela Guarda Municipal

Por O Dia

Rio - O vereador Fernando William (PDT) dará entrada hoje em um projeto de lei que “proíbe empregador público ou privado de inquirir sobre crença religiosa, orientação sexual, vida pessoal ou qualquer questão de foro íntimo do empregado”. A medida ocorre após o Informe divulgar o censo religioso promovido pela Guarda Municipal.

E o debate sobre a questão poderá ganhar repercussão nacional. A deputada federal Laura Carneiro (PMDB-RJ) aguarda o resultado de uma consulta técnica à Câmara para avaliar a constitucionalidade de um projeto semelhante. 

Ruído

Pedro Fernandes (PMDB) cancelou o encontro que teria ontem com o secretário de Ciência e Tecnologia, Gustavo Tutuca (PMDB). Ele nega que pleiteie espaço na Fundação Leão XIII, como publicado na coluna de domingo.

Reforma Política

Foram tantos os pedidos que o Informe decidiu divulgar, na íntegra, quem são os políticos que ficariam sem mandato e quais os que assumiriam caso o ‘distritão’ já vigorasse nas últimas eleições para a Assembleia Legislativa e para a Câmara Municipal. O modelo é o mais cotado para ser adotado em 2018 e não permite o voto em legenda. Elegem-se os mais votados.

Psol dizimado

Na Alerj sairiam: Paulo Ramos (Psol), Fávio Serafini (Psol), Eliomar Coelho (Psol), Wanderson Nogueira (Psol), Zito (PP), Anchite (PP), Renato Cozzolino (PR), Pudim (PMDB), Jânio Mendes (PDT), Julianelli (Rede), Chiquinho da Mangueira (Podemos) e Marcos Muller (PHS).

Entram 9 do PMDB

Entrariam: Marcelo Simão (PMDB), Dica (PMDB), Coronel Jairo (PMDB), Ana Paula Rechuan (PMDB), Tiago Mohamed (PMDB), Chico Machado (PMDB), Rafael do Gordo (PMDB), Graça Matos (PMDB), Ricardo da Karol (PMDB), Gilberto Palmares (PT), Milton Rangel (PSD) e Edino Fonseca (PEN). Alguns desses são suplentes e assumiram no lugar dos titulares.

Saem 11 vereadores

Já na Câmara sairiam: Adalmir (PSDB), Felipe Michel (PSDB), Claudio Castro (PSC), Otoni de Paula (PSC), Celio Luparelli (DEM), Italo Ciba (PTdoB), David Miranda (Psol), Zico Bacana (PHS), Jair Mendes (PMN), Eliseu Kessler (PSD) e Ramos Filho (Podemos).

Entram 7 do PMDB

Entrariam: Átila A. Nunes (PMDB), João Cabral (PMDB), Professor Uoston (PMDB), S. Ferraz (PMDB), Solange Amaral (PMDB), Leila do Flamengo (PMDB), Eduardo Moura (PMDB), Edson Zanata (PT), Elton Babu (PT) Renata Guerra (Novo) e Alex Costa (PTB).

Últimas de Rio De Janeiro