Fernando Mansur: Jesus Sorria (1)

O bom humor é uma tônica fundamental da espiritualidade. Certas crenças às vezes nos oprimem, a espiritualidade liberta

Por O Dia

Rio - Amigos, bom dia! Hoje acordei com essa ideia: Jesus sorria. E pensei: por que será que Jesus nunca foi retratado sorrindo? E continuei refletindo: seria possível que um Ser com a estatura espiritual de Jesus nunca sorrisse? Ou será que foram seus pintores que não o compreenderam? Talvez fosse também por causa do profundo respeito e reverência deles!

Mas os Mestres sorriem. O bom humor é uma tônica fundamental da espiritualidade. Certas crenças às vezes nos oprimem, a espiritualidade liberta. Certa vez comentei com um motorista de táxi alegre e falante – que trazia um crucifixo no carro e impresso em seu cartão – que gosto mais de ver Jesus sorrindo e iluminado, com raios de luz espargindo do coração. O rapaz me surpreendeu com a resposta:

— Faça então Jesus sorrir com suas boas ações. Que o Santo Messias, que continua inspirando milhões de seres pelo planeta, seja sempre uma fonte de inspiração e conexão com o divino. O Mestre que amava as crianças, que curava e confortava, que instruía e convivia com todos, certamente sorria nos momentos que intermediavam a gravidade das horas que o mundo vivia e vive. E que ele veio redimir.

Em homenagem a Ele, podemos cultivar um minuto de alegria, todo dia. Aprendendo sempre, certos de que não estamos sós, que somos sóis e que aquilo que os Mestres esperam de nós é alegria, simplicidade, liberdade, sabedoria, consciência, não idolatria. Eles estão vivos e vivem através de nós. Sejamos a projeção d’Eles no mundo, irradiando amor. Com fervor e alegria! Vamos!

Últimas de Rio De Janeiro