Gilberto Gil participa de inauguração de painel em sua homenagem no Centro

Localizado na Cinelândia, mural retrata personagens da música de Gil, como Chacrinha, Tia Surica (Portela) e Zico (Flamengo)

Por O Dia

MetrôRio inaugurou painel “Aquele Abraço” na Cinelândia com a presença de Gilberto GilDivulgação

Rio - O cantor Gilberto Gil participou, na tarde desta sexta-feira, da inauguração do painel "Aquele Abraço", em sua homenagem na Cinelândia, no Centro do Rio. A obra de arte, instalada no respiradouro da estação, é de autoria dos artistas Ozi e Coletivo Nata Família e foi feita a pedido do Metrô Rio.

A instalação, que tem oito metros de altura e seis metros de largura, tem técnicas como pintura em spray, pôster arte e estêncil. O mural tem duas faces: de um lado, o retrato de Gilberto Gil aparece em um fundo inspirado na capa de seu LP de 1968, dos tempos da Tropicália, com trechos da música-tema “Aquele abraço” e alusão aos adereços dos Filhos de Ghandi e aos seus orixás Xangô e Longunedé.

Do outro lado, quatro personagens mencionados na canção (Chacrinha, moça da favela, povo da Portela, representado pela Tia Surica, e torcida do Flamengo, simbolizada por Zico) surgem em tons de cinza, preto, branco e vermelho, cores que fazem referência à Quarta-feira de Cinzas de 1969, quando Gil, acompanhado de Caetano Veloso, deixou o Brasil rumo ao exílio em Londres, durante o período da ditadura militar.


Últimas de Rio De Janeiro