A FRANQUEZA DE ABEL BRAGA

Por O Dia

Abel Braga parece ter chegado ao seu limite no Fluminense, ou não diria o que disse depois da derrota para o Sport por 2 a 1, sábado, no Maracanã. Ao contrario do velho chavão dos treinadores, que falam que a bola não quis entrar ou o juiz roubou, Abel abriu o livro. Falou que seu time treinou mal e jogou pior ainda, que na preleção disse que se jogassem como treinaram perderiam e fechou afirmando que se viesse o empate no gol que Pedro perdeu, seria injusto. Pareceu um discurso de despedida.

Comentários