Zabelê sai da asa da mãe e voa alto

Filha de Baby do Brasil se une a músicos da cena contemporânea carioca em seu primeiro disco solo

Por O Dia

Rio - Filha de Baby do Brasil com Pepeu Gomes, a cantora Zabelê Gomes já faz música desde os anos 90, década em que formou o trio de pop industrializado SNZ com suas irmãs Sarah Sheeva e Nãna Shara. Mas é somente agora, com a edição de seu primeiro disco solo, ‘Zabelê’, lançado este mês, que ela sai da asa da mãe e alça voo longe da família.

Zabelê canta bela música de Kassin e faz dueto com Moreno Veloso em seu sedutor primeiro disco solo, produzido por Domenico LancellottiDivulgação

Produzido por Domenico Lancellotti, o álbum ‘Zabelê’ (Pommelo Distribuições) reúne na ficha técnica os maiores nomes da cena contemporânea carioca. Além de tocarem no disco, eles são compositores do repertório formado por dez músicas inéditas. Kassin é o autor do belíssimo bolero pop romântico ‘Enquanto desaba o mundo’, grande destaque do disco. A atmosfera romântica do tema é bisada em ‘Colado’, parceria de Domenico com Alberto Continentino.

Embora o CD molde personalidade própria para Zabelê, há inevitáveis ecos do som dos Novos Baianos e da música feita por Baby do Brasil e Pepeu Gomes na década de 1980. O suingue da guitarra de Pedro Sá na faixa ‘Atenção’, boa parceria de Marcelo Callado com Quito Ribeiro, reverbera levadas do pop ‘novo baiano’. ‘Cara de cão’, música de Domenico com Gustavo Benjão, gravada por Zabelê em duo com Moreno Veloso, também ecoa tal influência. É a força do bom DNA.

Com postura zen, evidenciada na etérea ‘Na paz’, tema de Luísa Maita, o disco ‘Zabelê’ transita pelo universo pop contemporâneo, incluindo faixas pontuadas pela leveza romântica — caso de ‘Nossas noites’, parceria do recorrente Domenico Lancellotti com Alberto Continentino — sem deixar de pôr pressão (através dos metais) em músicas como ‘Céu’, parceria de Zabelê com Pedro Sá e Domenico.

Filho do ‘novo baiano’ Dadi, André Carvalho é o autor de ‘Prática’, faixa que abre o CD em que Zabelê voa alto.

Últimas de Diversão