Celebridades aparecem quase despidas em premiação de gala

Estilistas dão dicas de como usar os vestidos que brilharam na noite do Met e que deixam as mulheres quase nuas

Por O Dia

Nova York - Ousadia e personalidade são duas características que as cantoras Beyoncé e Jennifer Lopez e a socialite Kim Kardashian têm de sobra. Isso ficou ainda mais evidente quando elas desfilaram seus modelos Givenchy, Versace e Peter Dundas para Roberto Cavalli, respectivamente, pelo tapete vermelho do baile de gala do Metropolitan Museum of Art (MET), um dos eventos mais importantes do mundo da moda, que aconteceu na segunda-feira, em Nova York. Com looks que esbanjavam transparência, as moças exibiram as belas curvas e fizeram todos se perguntarem: como é possível mostrar tanto, sem mostrar demais? 

Jennifer Lopez usou VersaceFoto%3A Reuters


“Transparência já é moda, mas a tendência é mostrar cada vez mais. Para usar uma peça dessas, tem que ter o corpo bem certinho. A Beyoncé, a Jennifer e a Kim são magras, então ficou lindo. O vestido ser feito sob medida e ter a pedraria localizada no lugar certo também ajuda. Para as que querem copiar o modelito, eu indicaria apostar em uma hot pant por baixo do traje. Já para as mais corajosas, um tapa-sexo é suficiente”, analisa o estilista Lino Villaventura.

Juliana Burlamaqui, consultora de imagem e estilo, ressalta que a vulgaridade não está no ato de exibir o corpo, mas no fato de as partes íntimas ficarem à mostra. “O que separa a elegância do exagero é quando você esquece que existe o limite. Ali não há mamilo aparecendo, nem cofrinho sendo exibido. Está tudo no lugar”, diz ela. Karen Richa, estilista da marca Self+, acrescenta: “Red carpet combina com looks performáticos. Achei que as três usufruíram de todo o humor da alta costura.”

E se a ideia era ser diferente, a cantora Rihanna, com um vestido amarelo e uma capa gigante, sem transparências, também não passou despercebida e virou piada na Internet. O estilista Walério Araújo comenta: “Essas moças são artistas que passam a maior parte do tempo no palco. Para elas, o importante é chamar a atenção sempre.”

Últimas de Diversão