Vera Holtz vira 'diva' das redes sociais e afirma que seu público rejuvenesceu

'Consegui trabalhar dentro do Face e do Instagram de uma forma diferenciada. Isso me aproximou bastante do público jovem', afirma atriz

Por O Dia

Rio - Vera Holtz, 63 anos, está cada vez mais íntima com o universo on-line. Usuária assídua do Facebook (mais de 492 mil curtidas na página oficial) e do Instagram (737 mil seguidores), a Magnólia de ‘A Lei do Amor’, da Globo, percebe que seu público rejuvenesceu, principalmente, depois de suas performances nas redes sociais. “Por ter tempo, consegui trabalhar dentro do Face e do Instagram de uma forma diferenciada. Isso me aproximou bastante do público jovem”, salienta.

Vera Holtz na pele de MagnóliaDivulgação

PRINCIPAL VILÃ

Só 33 anos depois de sua estreia na TV — como uma vendedora na minissérie ‘Parabéns Pra Você’, da Globo — Vera Holtz tem a chance de encarnar a principal vilã de uma novela das 21h da emissora. E isso acontece em ‘A Lei do Amor’, de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari, em que a atriz vive a matriarca Mág, ou Magnólia. “Não sou uma pessoa que tem expectativas em relação ao futuro. Fiquei muito grata pela confiança que os autores e a diretora Denise Saraceni depositaram em mim para fazer essa personagem. Faço que nem Picasso falava: ‘Eu não procuro, eu encontro’. A Magnólia me encontrou, e eu a encontrei. Assim como a vida é um pouco para mim”, derrete-se.

ÓRFÃOS DE MEGERAS
Para os órfãos de Carminha (Adriana Esteves) em ‘Avenida Brasil’ e Nazaré Tedesco (Renata Sorrah) em ‘Senhora do Destino’, Vera não acha que haverá muita comparação com suas precursoras de vilania, que deixaram saudade. “A Magnólia é dona de casa, preserva todos os valores familiares e, aparentemente, o mantra da minha personagem é tudo que faço, tudo que fiz, a motivação da minha vida é minha família, preservo tudo e faço tudo por ela. Faço qualquer coisa”, frisa.

DEFESA DE PERSONAGEM
Entre as maldades para manter a “ordem familiar”, a megera já contratou uma mulher, Suzana (Gabriela Duarte/Regina Duarte), para fingir que se deitou com o enteado, Pedro (Chay Suede/Reynaldo Gianecchini), e assim ele fosse flagrado pela então namorada, Helô (Isabelle Drummond/Claudia Abreu). Ela é uma das principais suspeitas do atentado contra o marido, Fausto (Tarcísio Meira). “Eu embarco totalmente nas minhas personagens. Não tenho julgamento nenhum sobre as ações delas”, conta a atriz.

RELIGIÃO E MALDADE
A questão de a personagem ser uma religiosa — ela é uma católica fervorosa, que tem a casa cheia de santos — e fazer maldades sem distinção não preocupa a atriz em termos de polêmica. “Não haverá mais polêmica do que nós já temos na realidade. Já percebemos muitas pessoas agradecendo a Deus e oferecendo a Deus, e isso está muito presente na nossa formação brasileira”, pontua.

COMPOSIÇÃO
O processo de composição de Magnólia foi um capítulo à parte porque Vera Holtz buscou inspiração no vigarista Frank Underwood (Kevin Spacey) na série americana ‘House of Cards’. “Pelo distanciamento que ele tem. Quando o personagem faz uma maldade absurda, ele está totalmente neutro, e isso é uma busca minha pela neutralidade”, observa a atriz.

Outro destaque no perfil de Magnólia é que ela foi uma das personagens rejuvenescidas em 20 anos nos primeiros cinco capítulos da novela. Para isso, a Globo contou com a consultoria do maquiador inglês Mark Coulier, vencedor de dois Oscar. Sobre se encarar com um visual de 20 anos passados, a atriz é categórica. “É diferente, nos leva para outro lugar, dá um estranhamento, mas é gostoso”, diverte-se. 

PERFORMÁTICA NAS REDES SOCIAIS

“Rainha”, “Diva da internet”, “Lacrou” são só alguns dos elogios tecidos pelos milhares de seguidores de Vera Holtz nas redes sociais. O boom de “likes” e curtidas vai para as imagens performáticas da atriz com situações inusitadas, como vestindo uma árvore de Natal, com a cabeça saindo de uma bacia de gelo, tomando chá de boldo, comendo peixe cru ou com presilhas na boca, entre outras.

Vera Holtz segue sendo a diva do Instagram com postagens engraçadasReprodução Internet

“Esse foi um trabalho autoral que comecei no período em que tinha acabado a novela ‘O Rebu’. Precisava de um tempo para mim. Aí fui trabalhar com as fotos, que falam muito e têm bastante conceito. Às vezes, eu publico a mesma coisa no meu Face pessoal e não acontece nada”, diverte-se a atriz.Sempre que posta uma imagem, Vera gosta de ficar sentada olhando os comentários. Ela prefere não responder com palavras, mas com símbolos. “Ponho umas estrelinhas, faço um código com os seguidores, não é um código verbal, mas um desenho”, revela.

Para aqueles que andam sentindo falta das fotos da atriz, ela explica que a rotina de gravações de ‘A Lei do Amor’ faz com que o tempo para novos cliques tão inspirados fique escasso. Mas não percam a esperança. “Essa personagem da internet é uma identidade, não sei por onde ela anda com a novela, mas pode ser que ela volte”, sugere, entre risos.

Últimas de Diversão