Lucero Hogaza faz a mãe da protagonista mirim em 'Carinha de Anjo'

Personagem de Lucero aparece nos sonhos da filha após a morte. Atriz fez aulas de português e também canta o tema de abertura

Por O Dia

'Aqui%2C as crianças têm um limite de horas para trabalhar cada dia. Lá no México não tem regras'%2C diz LuceroDivulgação

Rio - Quando Fernando Pelegio, o diretor de planejamento artístico e criação do SBT, teve a ideia de trazer a estrela mexicana Lucero Hogaza para participar da novela ‘Carinha de Anjo’, a autora Leonor Corrêa não botou fé. Ela achou que a atriz não toparia. Mas foi justamente o contrário. Ela não só aceitou atuar como também cantará em português e em espanhol a música da abertura da novela, que estreia hoje, às 20h30, na TV de Silvio Santos.

“É um sonho feito realidade. Eu queria com muito coração fazer algo aqui no Brasil. Não somente as novelas da tarde dubladas para o português”, vibra a loura, que é famosa por protagonizar novelas exibidas com sucesso no SBT, como ‘Chispita’, ‘Por Ela Sou Eva’ e ‘A Dona’.

VOLTA A GRAVAR EM 2017

Lucero já veio três vezes ao Brasil para gravar cenas de sua personagem, Tereza, a mãe falecida que aparece nos sonhos da protagonista mirim Dulce Maria (Lorena Queiroz), de 5 anos. O contrato da atriz com o SBT é apenas por obra, e a próxima vinda dela para gravação está agendada para fevereiro de 2017. “Estou muito agradecida ao SBT e à oportunidade de fazer algo novo na minha carreira e na minha vida”, derrete-se a estrela, que já vendeu mais de 27 milhões de discos.

BRASIL E MÉXICO

Aos 47 anos, Lucero explica que o Brasil e o México possuem muitas semelhanças no jeito de ser. Contudo, a mexicana nota algumas diferenças quando o assunto é o trabalho infantil. “Aqui, as crianças têm um limite de horas para trabalhar cada dia. Lá no México não tem regras, como a hora de ir para a escola, estudar, fazer tarefas. Se uma criança faz uma novela, ela não vai para a escola esse ano e fica gravando de manhã até a noite. Aqui é diferente, e eu adoro porque as crianças curtem mais e vivem facilmente uma vida que eles têm que ter”, defende.

AULAS DE PORTUGUÊS

Falando português fluente, sem erros e com um simpático sotaque, a estrela conta que não falava nada do novo idioma. Durante aproximadamente quatro meses, Lucero teve aulas de português duas vezes por semana com um professor brasileiro, de São Paulo, que mora no México. “Nos primeiros dias de gravações, eu ficava assustada, espantada porque tinha que memorizar as falas. E não era em espanhol, era em português. Para mim, não é fácil, é um desafio. Se eu estou conversando e falo alguma coisinha em portunhol, ou mesmo espanhol, OK. Mas em uma novela em português, para o público brasileiro, não é lindo falar em portunhol”, frisa, aos risos.

AJUDINHA EXTRA

A atriz ganhou também uma ajudinha da colega de trabalho Lorena, que vive a pequena Dulce Maria. “Eu pergunto: ‘Como você diz esse bicho, ou essa comida, ou essa cor?’. E ela me diz”, diverte-se a atriz, cuja presença está garantida até o final da novela. Na trama, Tereza (Lucero) é uma mulher mexicana, que quando adolescente veio morar com os pais no Brasil. Anos depois, ela conhece Gustavo (Carlo Porto). Quando a filha do casal tem três anos, Tereza sofre um acidente fatal. Mas a pequena continua sonhando com a mãe. Os encontros imaginários entre Tereza e a filha acontecem em uma casa de bonecas, onde a mãe aconselha a pequena e elas também brincam. “Quando eu vejo algumas cenas, quero chorar, porque a vida da Dulce Maria é um jeitinho doce de ver o mundo. Mas é uma vida com muitos problemas também. Acho que todos vão se apaixonar por essa novela”, torce.

Últimas de Diversão