Pedro Bial: 'É difícil, para mim, ler um livro. Minha literatura vira o BBB'

Apresentador conta como é sua vida nos primeiros meses do ano, quando apresenta o reality show que estreia terça

Por O Dia

Rio - Pedro Bial falou sobre o "Big Brother Brasil 16", que estreia nesta terça-feira. O apresentador, que desde 2002 comanda a atração, conta que fica totalmente envolvido com o programa nos primeiros meses do ano.

Pedro Bial e Rodrigo Dourado%2C diretor do BBBDivulgação

"Eu tenho que mergulhar, a única fórmula é imersão total. Eu só faço isso durante três meses. É difícil, para mim, ler, engatar num livro. A minha literatura vira o BBB. Me envolvo até a raiz dos cabelos. E é muito estimulante intelectualmente, fico com a cabeça ágil, desperta um monte de ideias, de lembranças, mexe com memórias, é um caldeirão pop", disse. 

Nesta edição ele acabou se envolvendo um pouco antes que de costume. "Este ano participei mais ativamente da última peneira, na chamada 'cadeira elétrica'. Enquanto a equipe fazia a entrevista num salão do hotel, eu estava num quarto ao lado assistindo no monitor, ouvindo tudo e falando com o (diretor Rodrigo) Dourado pelo ponto. Adorei, achei muito legal. Mas também acho bom chegar meio no susto, imediatamente antes de começar, para ter um frescor de espectador. Não quero conhecer muito, não é bom para o meu trabalho conhecer muito quem eles são lá fora, mas sim o que eles vão ser aqui dentro".


Últimas de Celebridades