Série desvenda como agem os ladrões de turistas

Nova temporada de ‘Capitais do Delito’ revela segredos de golpes em oito cidades

Por julia.sorella

Rio - Oito novas cidades são o destino de Conor Woodman, apresentador da série ‘Capitais do Delito’. Na segunda temporada, que estreia nesta sexta-feira, às 21h30, no canal National Geographic, ele revela, com o auxílio de câmeras escondidas, como agem ladrões e golpistas em lugares como Nova York, Jerusalém e Londres.

O programa é de turismo, mas não se engane: explora situações que nenhum guia teria coragem de mostrar. Nesta temporada, Conor, que já gravou no Rio de Janeiro, não se contenta apenas em vivenciar a trapaça, mas convence os golpistas a mostrarem seus segredos.

O apresentador Conor Woodman viaja por oito capitais do mundoDivulgação

Em Nova York, ele se arrisca ao revelar o comércio de perfumes falsos, que é feito ao lado das grandes lojas. Conor também mostra os golpistas de Jerusalém, que vendem souvenires que não são tão antigos como parecem. Em Amsterdam, as câmeras escondidas flagram um lado perigoso das drogas ilegais e das gangues que agem no bairro da Luz Vermelha.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia