'Game of Thrones' pode ficar sem dinheiro após Reino Unido sair da UE

Resultado de referendo impacta diretamente no financiamento televisivo, inclusive na série da HBO

Por O Dia

Rio - Fãs de "Game of Thrones", liguem o alerta: a série mais aclamada dos últimos anos na televisão, cuja sexta temporada termina neste domingo, corre o risco de ficar sem verba pois o Reino Unido decidiu sair da União Europeia.

Apuração no Reino Unido termina com 51,9% dos votos para sair da União Europeia

Saída do Reino Unido pode trazer problemas financeiros para 'Game of Thrones'Divulgação

Isso é o que sustenta Michael Ryan, presidente da Associação Independente de Filme e Televisão (IFTA, na sigla em inglês) britânica, em um texto publicado no site da revista Variety. Segundo ele, o resultado traz incertezas para o mundo das produções televisivas.

Elenco principal de 'Game of Thrones' receberá 500 mil dólares por episódio

"Essa decisão simplesmente derrubou as nossas estruturas - hoje, não sabemos como nossas relações com coprodutores, financiadores e distribuidores vão funcionar, nem se novas taxas serão cobradas nas nossas atividades no resto da Europa ou como o financiamento das produções será arrecadado sem qualquer aporte das agências de fomento europeias", desabafou.

De acordo com Ryan, o Reino Unido tem contribuído de forma "vibrante" para o financiamento do setor, e a sua saída da União Europeia seria "devastante".

E onde entra "Game of Thrones" nessa história? A série da HBO é rodada, entre outros lugares da Europa, na Irlanda do Norte, um dos países do Reino Unido. Assim, ela não estaria mais apta a receber investimentos do fundo da União Europeia, justamente uma das suas maiores fontes de recursos. 

A saída, porém, só deve se concretizar em dois anos - ou seja, por volta de 2018, tempo de sobra para os fãs fazerem figas e torcerem por um final feliz.


Últimas de Televisão