Casamento coletivo movimenta Madureira

As cerimônias ocorrem em todas as quintas-feiras, às 9h. Registros civis são celebrados, em média, por 80 casais a cada semana

Por O Dia

Rio - A Rua Dagmar da Fonseca, conhecida como a ‘Rua dos Cartórios’, em Madureira, fica em festa todas as quintas-feiras para as cerimônias de casamento coletivo. Os registros civis são celebrados, em média, por 80 casais a cada semana, com direito a todos os detalhes que envolvem a comemoração. O que movimenta a economia da região, pois os comerciantes locais comparecem a cada edição do evento para oferecer buquês de flores, lembrancinhas, docinhos como bem-casados e até passeio pelo bairro com carros temáticos.

Cerca de 80 casais participam do evento%2C que movimenta o comércio local com serviços como aluguel de carrosDivulgação

“Os casais que participam são aqueles que deram entrada no registro civil de união estável com pelo menos três meses de antecedência. Os casamentos começam a partir das 9h e vai até a cerimônia do último par. O juiz de paz fica até o fim”, explica Hebe Adriane, uma das sócias do Cartório Mais Madureira.

Intermediação de registros

O estabelecimento foi inaugurado há seis meses, na Rua Dagmar da Fonseca. É um tipo de cartório não muito comum, pois se trata de uma empresa especializada em fazer a intermediação de todos os trâmites necessários para o registro de um casamento civil no cartório público, o que agiliza o processo legal e desobriga os noivos das funções burocráticas. “É muito comum atuarmos em casos em que a certidão de nascimento de um dos cônjuges foi feita em outro estado e ela precisa ser atualizada. Nós cuidamos do processo sem que o cliente tenha que fazer a viagem para atualizar os dados”, exemplifica Hebe.

O ‘Mais Madureira’ lida com todo tipo de registro em cartório, além da união estável.

Últimas de _legado_Empregos e Negócios