Eleitores vão além das selfies e chegam até a produzir vídeo na urna eletrônica

Helio de La Peña e Paula Lavigne postaram foto em rede social, mas apagaram logo que foram alertados por seguidores

Por O Dia

Rio - Não contente com a selfie na urna, um eleitor foi além e desafiou a Justiça Eleitoral com a produção de vídeo "ensinando" como votar. Postado neste domingo, o vídeo "didático" pode ser assistido em página criada para expor pessoas que, desavisadas ou não, cometeram crime eleitoral. Basta acessar o tumblr #SelfieNaUrna (selfienaurna.tumblr.com/) para conferir quem são os eleitores.

Vídeo mostra momento em que eleitor vota em Marina SilvaReprodução Internet

Inclusive, alguns famosos como o humorista Helio de La Peña e a atriz e produtora musical Paula Lavigne, ex de Caetano Veloso, também foram "pegos" pelo Tumblr com fotos postadas no Instagram deles na hora em que estavam votando. Ambos, depois de alertados por outros usuários da rede social, apagaram as imagens.

Depois do alerta de seguidora, o humorista Hélio de La Peña apagou a publicaçãoReprodução Internet

Fazer uma "selfie" é considerado crime eleitoral e o responsável pela publicação pode pagar multa e ser detido por até dois anos, segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Além destas punições, o crime pode também ser considerado boca de urna e, neste caso, o eleitor que praticou a ilegalidade pode ser detido por seis meses a um ano e a multa pode ir de R$5 mil a R$15 mil.

Uma das pessoas expostas no Tumblr pareceu querer mostrar mais de uma contravenção e postou imagem segurando um suposto cigarro de maconha com a foto da urna ao fundo. 

Eleitor posta foto com o que parece ser um cigarro de maconhaReprodução Internet


Com informações da Agência Brasil

Últimas de _legado_Eleições 2014