Floyd Mayweather se aposenta após 49ª vitória no boxe profissional

Lutador americano venceu Andre Berto, no último sábado

Por O Dia

Estados Unidos - O pugilista americano Floyd Mayweather Jr. após conseguir uma vitória fácil por decisão unânime sobre seu compatriota de origem haitiana Andre Berto declarou que seria seu último combate como profissional. "É oficial, me aposento", respondeu Mayweather Jr., de 38 anos, à pergunta sobre seu futuro. "Estou há 19 anos no boxe, consegui tudo, estou invicto e já não tenho nada para provar".

Floyd Mayweather Jr. garantiu ser um atleta limpo e nunca ter se dopado na carreiraReuters

No entanto, a luta contra Berto deixou de novo todo tipo de dúvidas, primeiro sobre os rivais que escolhe a seu gosto, e depois seu polêmico estilo de boxear, com a estratégia de fazer uma defesa permanente e encaixar os golpes necessários para ganhar pontos com os juízes. As estatísticas não deixaram dúvida desta realidade já que concluiu os últimos quatro anos de sua carreira sem que tenha conseguido um triunfo por nocaute, dos 26 que teve nos anteriores.

A luta foi a quarta na carreira de Mayweather Jr. que um juiz lhe deu a vitória nos 12 assaltos. "O importante de tudo esta noite é que consegui a vitória e que voltou a ganhar o melhor no ringue", destacou Mayweatehr Jr. "Demonstrei que sou o melhor de todos os tempos e que não preciso do dinheiro, mas eu faço dinheiro", completou.

Mayweather Jr., também conhecido como "Money Man", que na última luta contra o filipino Manny Pacquiao teve um prêmio superior a US$ 200 milhões, ressaltou que sabia perfeitamente que tinha chegado o momento do adeus.

"Você tem que saber quando é o momento de dizer adeus e agora é o meu", destacou Mayweather Jr. Perguntado se não tem a tentação de chegar à marca de 50-0, a melhor de todos os tempos, Mayweather Jr. se mostrou comedido e respondeu com tom evasivo.

"Não tenho a tentação de buscar 50 vitórias", assinalou o campeão invicto. "Estou preparado para ver alguns jogos de futebol americano, provavelmente fazer algumas apostas, e ganhar um bom dinheiro com uma das grandes equipes".

Quanto às vaias que recebeu no fim da luta, que não era a forma mais positiva de dizer adeus ao boxe, Mayweather Jr. lembrou que sempre comentaram tudo de negativo sobre ele.

"Ninguém fala das coisas boas que fiz, como ajudar aos mais necessitados, e promover os jovens que buscam melhores oportunidades em sua vida", comentou Mayweather Jr. "O importante é que sempre tentei ajudar o mundo do boxe e minha trajetória foi impecável".

Enquanto os comentaristas esportivos presentes em Las Vegas, à margem de reiterar que Mayweather Jr. continua vivendo em sua própria "bolha", não acreditam que a luta contra Berto tenha sido a última, pelo contrário a revanche contra Pacquiao será seu próximo projeto multimilionário. No entanto, Mayweather Jr. em declarações logo após a luta reiterou que sua condição física já não era a melhor quando terminava de lutar.

Últimas de Esporte